Teste Ducati Multistrada 1260 Enduro - Emoções Fortes

Não importa a estrada, nem a meteorologia, nem a pressa! Nem se vai só ou acompanhado, seja para perto ou para longe. O que importa é que vai chegar ao seu destino com um grande sorriso nos lábios!

andardemoto.pt @ 11-3-2019 12:36:55 - Texto: Rogério Carmo | Fotos: ToZé Canaveira

Faça uma consulta e veja caracteristicas detalhadas:

Ducati Multistrada 1260 Enduro | Moto | Multistrada

O segmento das “Big Trails” é um dos que mais sucesso tem tido nos últimos anos. A escalada de potência e o elevado índice tecnológico que estas motos encerram tem contribuído para que, a par com o conforto e a segurança, as prestações dinâmicas destas motos alcancem níveis impensáveis há poucos anos, fosse no segmento das “Grand Touring” como até mesmo no segmento das motos desportivas. E esta Ducati Multistrada 1260 Enduro é disso um bom exemplo.

Depois de ter sido muito feliz aos comandos da versão anterior, a Ducati Multistrada 1200 Enduro cujo teste pode ver se clicar aqui, chegou a vez de testar a sua evolução, a Multistrada 1260 Enduro, apresentada há poucos meses no Salão de Milão de 2018.

Acelerações vertiginosas, recuperações estonteantes, travagens inacreditáveis, comportamento exemplar em curva, uma grande capacidade de carga e carradas de conforto, que inclui todas as mordomias proporcionadas pelas mais avançadas inovações tecnológicas, são apenas alguns dos aspectos que fazem com que a nova Ducati Multistrada 1260 Enduro seja uma séria candidata ao título de raínha do seu segmento. Mesmo sendo ele o que encerra uma mais forte e distinta concorrência.

Podia dizer-se que a Ducati, o que fez com a Multistrada 1260 Enduro, foi alargar a sua potencial clientela. Não aos menos favorecidos, nem aos menos aventureiros ou menos corajosos, mas sim aos motociclistas de estatura mais baixa. Todo o esforço deste “remake” reverteu a favor dos motociclistas mais curtos de perna, para quem a anterior versão era demasiado exigente em termos físicos, devido às suas grandes dimensões.

Por isso a nova Ducati é mais baixa do que a sua antecessora, com o assento a 860mm do chão. Os poisa pés também são mais pequenos (cerca de 10mm) e estão colocados mais abaixo (outros 10mm), para não interferirem tanto nas manobras. O guiador também está mais baixo (30mm), o que até obrigou a redesenhar a capa do depósito de combustível.

Obviamente também a suspensão ficou mais curta, com menos 15mm de curso (para um total de 185mm). Para acabar com a maré de redução, também as jantes ficaram mais leves, e a caixa de velocidades conta com relações mais reduzidas. Com tudo isto, poder-se-ia à partida pensar que esta nova Adventure Tourer, como a marca a define, ficou menos apta para o fora de estrada.

Neste teste, e sem os pneus adequados, não me aventurei em grandes desafios, mas mesmo com os pneus asfálticos, tenho que reconhecer que as alterações realizadas fomentam uma maior confiança e uma maior facilidade de manobra, que permitirá, mesmo aos menos experientes, conseguir desfrutar de prazenteiras incursões fora de estrada, mesmo quando os caminhos e os trilhos acabam, já que a Multistrada 1260 Enduro não perdeu nenhum dos atributos do modelo anterior, e pelo contrário, conta agora com um centro de gravidade mais baixo, que torna tudo ainda mais fácil.

E no asfalto tudo ficou melhor ainda, pois esta nova Ducati Multistrada 1260 Enduro conta com o motor Testastretta DVT 1262, com abertura de válvulas variável e que já cumpre a normativa Euro 4, apesar de debitar uns escandalosos (em termos ecológicos obviamente) 158 cavalos, e uns estonteantes 128 Nm de binário, 85% do qual fica disponivel abaixo das 3.500 rpm.

A electrónica, tal como antes, possibilita 4 modos de condução, completamente recalibrados, cada um deles para uma situação específica, regulando em conformidade tanto a curva de binário do motor, como o efeito de travão motor, a suspensão e as ajudas electrónicas à condução, e cujos parâmetros que podem ser alterados em andamento.


A suspensão conta com o já conhecido sistema “Skyhook” que a torna semi-activa, e tem cerca de 400 parâmetros de regulação. O acelerador é agora electrónico, ou “ride-by-wire”, e garante uma resposta ao punho instantânea, mas bastante precisa, e proporciona ainda “Cruise Control”.

A caixa de velocidades (que por sinal continua a demonstrar alguns “pontos-mortos” inesperados) tem um tacto bastante leve, e conta agora com “quickshifter” integral que, aliado ao carácter explosivo do motor e a todas as ajudas electrónicas, transporta o prazer de condução para níveis muito, mas muito elevados.

O ABS e o Controlo de Tracção contam com uma nova Unidade de Medição de Inércia (IMU) com seis eixos, da Bosch, que também controla a descolagem da roda dianteira em aceleração, e a da traseira, sob travagem. O módulo também coordena o sistema “Vehicle Hold Control” que facilita a entrada e saída do passageiro em subida ou descida, e a iluminação em curva, assim como o cancelamento automático dos pisca-piscas.

Em termos de conforto, o ecrã pára-brisas da Multistrada 1260 Enduro permite uma regulação em altura, com recurso a apenas uma mão, e numa amplitude de 60 mm. Existem tomadas de 12V sob o assento e no painel de instrumentos, e o descanso central é equipamento de série. A capacidade de carga foi aumentada em 20kg.

O depósito de combustível, mantém a capacidade de 30 litros, e o fabricante anuncia uma autonomia teórica de 450km. Claro que apenas teórica, pois se quisermos desfrutar do potencial de toda a cavalagem, temos que ser menos exigentes, e contar com consumos inflacionados, por vezes superiores a 7,5 litros aos 100km, um pequeno preço a pagar para desfrutar de emoções realmente fortes!

O sistema “Keyless”, ou sem chave, que inclui tranca de direcção, também faz parte do pacote electrónico base, mas peca em alguns pontos, primeiro por o seu comando ter dimensões exageradamente grandes, e depois por não incluir abertura do depósito de combustível. O painel de instrumentos tem agora 5 polegadas, e é um TFT a cores de alta resolução. 

A iluminação é outro dos pontos fortes desta Ducati. Integralmente em LED, conta ainda com luzes de curva, que se acendem estrategicamente consoante a inclinação da moto, para iluminarem na perfeição a berma interior da estrada.

O sistema “Keyless”, ou sem chave, que inclui tranca de direcção, também faz parte do pacote electrónico base, mas peca em alguns pontos, primeiro por o seu comando ter dimensões exageradamente grandes, e depois por não incluir abertura do depósito de combustível. O painel de instrumentos tem agora 5 polegadas, e é um TFT a cores de alta resolução. 


Uma funcionalidade que não tive oportunidade de testar, para já, foi a nova Ducati Link App, uma aplicação que permite, através de um Smartphone, além de ouvir músicas e atender chamadas de telefone, registar e personalizar os parâmetros de cada Riding Mode (ABS, Ducati Traction Control, etc) ao mesmo tempo que  fornece informação detalhada sobre os intervalos de manutenção, um manual de utilizador e um localizador de lojas Ducati. Para além disto, a Ducati Link App também permite aos motociclistas gravarem as suas performances e viagens, de modo a poderem partilhar as suas experiências de condução.

Como seria de esperar a Ducati disponibiliza diversos conjuntos de personalização para a Multistrada 1260 Enduro:


O Touring Pack conta com punhos aquecidos, malas Ducati Performance by Touratech em alumínio e bolsa de guiador.
O Sport Pack inclui um escape homologado Ducati Performance by Termignoni, compatível com os requisitos de homologação europeia, tampa da bomba de água em negro, tampas dos reservatórios do líquido de travões dianteiro e de embraiagem maquinadas a partir de um bloco sólido de alumínio..O Urban Pack propõem uma top case em aluminio Ducati Performance by Touratech, saco de depósito com “tank lock” e etomada USB suplementar para carregar aparelhos electrónicos.
O Enduro Pack congrega iluminação suplementar em LED com barras de proteção do motor, proteção do radiador, tampa do pinhão de ataque e proteção do disco de travão traseiro, tudo componentes Ducati Performance by Touratech.

Neste teste usámos o seguinte equipamento de segurança:

Faça uma consulta e veja caracteristicas detalhadas:

Ducati Multistrada 1260 Enduro | Moto | Multistrada

andardemoto.pt @ 11-3-2019 12:36:55 - Texto: Rogério Carmo | Fotos: ToZé Canaveira