Monster Energy Honda Team pronta para o Dakar 2018

Com a tralha toda metida nos contentores com destino a Lima no Peru, é tempo da equipa que aposta tudo numa vitória, aproveitar as festas para um merecido descanso. Ou não!

andardemoto.pt @ 28-12-2017 01:20:49

A poucos dias da partida para a 40ª edição da mais difícil prova de todo-o-terreno que vai ter início a 6 de Janeiro de 2018 em Lima, no Peru, a equipa Monster Energy Honda, já está em fase de descanso, a preparar-se para a violência da longa maratona sul-americana.

Todos os veículos de apoio já foram atempadamente embarcados do porto de Havre, para uma viagem que demora aproximadamente um mês a cruzar o Atlântico e a passar o canal do Panamá, estando a sua chegada a Lima prevista para o próximo dia 2 de Janeiro.

Nessa data, e antes de a verdadeira azáfama começar, ainda o pessoal técnico terá a responsabilidade de efectuar os procedimentos alfandegários e verificar novamente todo o material assim como todo o equipamento de segurança necessário e obrigatório, tão diverso como cabos de reboque, lanternas, extintores e toda uma parafernália de utensílios de manutenção e prevenção, tão distintos como os humildes martelos de quebra de vidros das saídas de emergência e coletes reflectores.


Entretanto os pilotos continuam com o seu programa de treinos e exercício físico de forma a conseguirem a melhor preparação para o grande desafio. Imprevistos acontecem sempre, e durante o dia de ontem, surgiram rumores que não são animadores, mas que tampouco foram confirmados ou desmentidos oficialmente:

- Ao que parece, o nosso Paulo “Speedy” Gonçalves sofreu uma queda durante o seu programa de treinos, na semana passada, que lhe terá causado algumas mazelas cuja gravidade poderá eventualmente por em causa uma recuperação atempada para que possa estar em condições físicas minimamente aceitáveis para a partida da 40ª edição do Rally Dakar.

Mais do que um duro golpe para os fãs portugueses, esse seria um violento volte-face nas aspirações da equipa oficial da Honda, já que o Paulo Gonçalves é um dos mais experientes e motivados pilotos da equipa.

Estamos a tentar averiguar a veracidade dos rumores e qual a real condição física do “nosso Speedy", um assunto delicado tendo em conta as implicações em termos de aspirações da marca e do próprio piloto, e assim que tivermos mais informações iremos actualizar esta notícia.

E já sabe, se quiser acompanhar a melhor e a mais completa informação sobre o Dakar 2018, basta-lhe andar de moto! Fique por perto!


andardemoto.pt @ 28-12-2017 01:20:49