Dakar 2018: Etapa 8 – Meo vence a etapa mais longa

Francês da KTM fecha etapa maratona com nova vitória no Rali Dakar. Liderança de Van Beveren está presa por 22 segundos!

andardemoto.pt @ 14-1-2018 21:26:36

Meo conquistou segunda vitória nas três última etapas

Meo conquistou segunda vitória nas três última etapas

Depois de uma etapa muito dura, a mais longa do Rali Dakar 2018, foi o francês Antoine Meo em KTM da equipa oficial que voltou a sorrir, conquistando a segunda vitória em etapas este ano.

Esta oitava etapa do Dakar uniu a localidades bolivianas de Uyuni e Tupiza, com quase 500 kms de especial cronometrada. Meo e o companheiro de equipa Toby Price lideraram o dia nos primeiros momentos, até que Ricky Brabec, Monster Energy Honda Team, suplantou a dupla KTM e assumiu a liderança da etapa.

Antonine Meo reagiu, e no último “waypoint” o francês conseguiu mesmo alcançar uma diferença de 1m08s para Brabec, o que lhe garantiu a vitória na segunda metade da etapa maratona, a segunda vitória nas últimas três etapas realizadas, com Brabec a fechar o pódio do dia de hoje em Tupiza.


Adrien Van Beveren mantém a liderança após etapa maratona

Adrien Van Beveren mantém a liderança após etapa maratona

No entanto as atenções estão viradas para a luta pela vitória final, que depois de hoje está mais renhida do que nunca!

Adrien Van Beveren, Yamalube Yamaha Official Rally Team, passou sem problemas o dia de hoje, e conseguiu com isso manter-se na liderança do Rali Dakar. O francês viu, no entanto, a vantagem para Kevin Benavides, Monster Energy Honda Team, reduzir para apenas 22 segundos na Geral, e com isso a luta pela vitória final está em ponto de ebulição, com a Yamaha e Honda a perfilarem-se como as principais candidatas, embora não seja de descartar a recuperação da KTM através de Matthias Walkner, que mantém-se no pódio do Dakar e com cerca de 6m30s de diferença para o líder.


Kevin Benavides está a apenas 22 segundos do líder do Dakar!

Kevin Benavides está a apenas 22 segundos do líder do Dakar!

Joan Barreda, que ontem tinha dado nova vitória à Honda na primeira parte da etapa maratona, aguentou o dia de hoje, manteve-se em prova, embora o seu joelho esteja bastante dorido e por isso veremos se o espanhol consegue aguentar até final.

Quanto ao português Fausto Mota, KTM, foi o 41º mais rápido na 8ª etapa, e na Geral está agora na 47ª posição.

Em relação ao dia de amanhã, e devido às más condições climatéricas, a organização decidiu cancelar a 9ª etapa que iria unir Tupiza a Salta. Assim, a competição regressa apenas na terça-feira, com a realização da 10ª etapa entre Salta e Belén.

andardemoto.pt @ 14-1-2018 21:26:36