ZCUP marcou presença no arranque do CNV 2019

A 2.ª ronda do calendário da ZCUP animou a jornada de abertura do Campeonato Nacional de Velocidade no Estoril.

andardemoto.pt @ 9-5-2019 15:43:54

Depois da 1.ª ronda disputada em Jerez, em março, a ZCUP apresentou-se no Estoril com apenas um dos seus dois troféus em disputa, o ZCUP PT, que reúne os pilotos que apostaram no calendário completo de 8 fins de semana

Em prova estiveram 12 pilotos, dois dos quais em estreia neste troféu: Maxime Meaude na Z24 que foi de Mário Pestana na época anterior, e José Fernandes na Z26 novinha em folha. Apesar de ambos os estreantes já terem experiência prévia em provas de motociclismo, apenas José Fernandes conhecia a Velocidade, pois Maxime veio do Motocross, aproveitando um para regressar à modalidade e outro para se iniciar na mesma.

No sábado, o dia começou com os treinos privados da Motoval e os treinos livres da FMP, que antecederam um briefing ZCUP para, entre outras coisas, dar o welcome kit Kawasaki, seguido das verificações técnicas integralmente feitas nas boxes, à semelhança dos procedimentos adoptados desde o início do Troféu.


Nas provas disputadas em conjunto com o CNV Moto, a ZCUP disputa partilha a pista com o Troféu ENI/TLCl, incluindo a sessão de Qualificação onde, pela 3.ª vez consecutiva, a seco, a pole “à geral” foi para uma Z, a  Z22 de Luís Franco, mas somente por 119 milésimas sobre a R1 de João Curva (#54 Open ENI/TLC).

Feita a Qualificação, chegou a vez da Corrida 1, com apenas 8 voltas, a abrir o programas de corridas do dia, Franco (Z22), partindo da pole, faz o holeshot logo seguido de Vicente (Z01) que sobe da 4.ª posição. Estes dois pilotos lideram a corrida por esta ordem durante 4 voltas antes de um duelo, na travagem para a curva 1, dar oportunidade a Curva (Open ENI/TLC) de os apanhar. Este, motivado, aplica-se e regista as suas melhores voltas vencendo a prova à geral, logo seguido de Franco que, entretanto se desenvencilhou de Vicente, acabando a prova por esta ordem. 

A fechar o pódio da ZCUP ficou Amaral (Z10 - ACP) ,que recuperou de um arranque menos bom e ocupou este lugar e o 4.º da geral, desde a 2.ª volta, depois de superar Bogdanov (Z07) e Flores (Open ENI/TLC).


No domingo disputou-se a  2.ª corrida, com Vicente a fazer o holeshot e a levar, atrás de si, Franco, Curva e Amaral. Um estranho incidente desliga a moto de Franco e, por pouco, não é “atropelado” por Curva e Amaral.

Vicente ainda consegue liderar a prova durante quatro voltas mas Curva, com um bom ritmo, ultrapassa-o no final da reta interior à 5.ª volta, logo seguido de Franco à 6.ª volta, que o faz em mais um duelo no final da reta da meta.

Amaral volta a fechar o pódio das Zs, mas desta vez a somente 3 segundos de Vicente, depois de ter sido superado por Franco na volta 3, quando este se aproveitou do “cone de ar” para o ultrapassar.

A ZCUP termina assim o seu segundo fim de semana de corridas desta época com nota alta num evento que contou com a animação das12 ENI girls que, numa iniciativa conjunta entre a ZCUP, a ENI e a CUTS&WHISKEY, coloriram o pitlane, a grelha da ZCUP e os pódios, complementando assim a animação em pista

A próxima etapa da ZCUP será no circuito de Portimão, nos dias 18 e 19 de maio, a par com a 2.ª ronda do CNV, onde se voltarão a reunir o troféu ibérico (ZCUP IB) com o português (ZCUP PT), trazendo mais pilotos e ainda mais animação na pista.

andardemoto.pt @ 9-5-2019 15:43:54

Galeria de fotos