SBK Donington – Três vitórias de Rea dão liderança e luta pelo título está ao rubro!

O tetracampeão confirmou em Donington a subida de forma da Kawasaki e assume a liderança do Mundial Superbike de forma autoritária. Três vitórias no passado fim de semana de Jonathan Rea deixam-no à frente na luta pelo título.

andardemoto.pt @ 8-7-2019 21:10:29

Depois de um início de temporada verdadeiramente arrasador, Alvaro Bautista (Aruba.it Ducati) foi finalmente destronado da liderança do Mundial Superbike. Na ronda do passado fim de semana, disputada no circuito de Donington, a casa ancestral deste campeonato e onde tudo começou, Bautista viu o seu mais direto rival na luta pelo título somar três vitórias e assim assumir a liderança da classificação.

E o adversário de Bautista é o tetracampeão Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team).

Corrida 1

Na primeira corrida do Mundial Superbike em Donington, disputada à chuva, Jonathan Rea rapidamente assumiu a liderança da corrida e foi embora para conquistar a sua 76ª vitória da carreira.

Com dez voltas para o fim da corrida, e quando Rea já tinha mais de sete segundos de vantagem sobre Tom Sykes (BMW Motorrad World SBK), Alvaro Bautista foi vítima da muita chuva que alagou por completo o circuito britânico. Uma queda aparatosa obrigou o espanhol da Ducati a desistir, e a assistir de fora à mudança na liderança do campeonato, pois Jonathan Rea manteve-se focado e cruzou a linha de meta em primeiro.

Tom Sykes levou a BMW S1000RR ao segundo lugar nesta Corrida 1, enquanto Leon Haslam acompanhou o seu companheiro de equipa na Kawasaki e voltou a subir ao pódio em Donington, a sua corrida de “casa”.


Corrida Superpole

Se no sábado a chuva intensa fez as suas vítimas, no domingo o bom tempo imperou em Donington. Nesta corrida de “sprint”, Jonathan Rea venceu mas já sob mais pressão, e com muito drama à mistura.

Quando os semáforos apagaram iniciou-se, quase de imediato, uma intensa batalha a quatro pela vitória. Rea, claro, estava nesta luta, à qual se juntou Tom Sykes, Leon Haslam na segunda Kawasaki oficial, sendo que o grupo ficou completo quando o turco Toprak Razgatlioglu (Turkish Puccetti Kawasaki) também surpreendeu e entrou nesta luta frenética, com ultrapassagens a quase cada curva.

No meio desta batalha intensa e que deixou os fãs à beira de um ataque de nervos, e quando estávamos na 6ª volta, a BMW S1000RR de Peter Hickman, que competiu aqui em substituição do alemão Marcus Reiterberger, viu o motor tetracilíndrico entregar a alma ao criador em grande estilo, deixando atrás de si uma enorme mancha de óleo no asfalto.

A Direção de Corrida deu a corrida de imediato por terminada, com comissários a mostrarem as bandeiras vermelhas, e a classificação seria pela ordem da última passagem na linha de meta. Isso daria Jonathan Rea como vencedor, Tom Sykes como segundo classificado, e Toprak Razgatlioglu como piloto a ocupar o lugar mais baixo do pódio. No entanto esta não foi a classificação final da corrida Superpole!

Quando os pilotos da frente passaram na zona do circuito com óleo no asfalto, infelizmente Tom Sykes não evitou a queda, e a sua S1000RR ficou demasiado danificada para ir a circular até ao parque fechado. De acordo com as regras, Sykes teria de conseguir levar a sua moto a andar até ao parque fechado, e num tempo limite de 5 minutos. Como não o fez, foi desclassificado (como se tivesse abandonado), não subiu ao merecido pódio, e também não somou qualquer ponto. Razgatlioglu subiu assim a segundo, com o lugar mais baixo do pódio a ficar então novamente para Leon Haslam.

Quanto a Alvaro Bautista, o piloto espanhol esteve bem mais à vontade com o piso seco e alcançou um bom quarto posto final. No entanto, e devido a mais uma vitória de Jonathan Rea, o piloto da Ducati continuou a ver o seu rival a aumentar a diferença na classificação do Mundial Superbike.


Corrida 2

Se a corrida “sprint” da manhã de domingo foi intensa e dramática, a Corrida 2 do Mundial Superbike em Donington não foi menos emocionante! Jonathan Rea voltou a não deixar escapar a oportunidade de amealhar mais 25 pontos, mas voltou a ter de enfrentar um cada vez mais impressionante Toprak Razgatlioglu.

Os dois pilotos da Kawasaki foram trocando de posiçoes entre si diversas vezes ao longo da última corrida do programa desta ronda de Donington. A cada vez que Rea tentava suplantar o rival turco, Razgatlioglu voltava a forçar o andamento e numa série de travagens no limite continuava a levar Jonathan Rea a dar tudo o que tinha.

Infelizmente para o turco, Jonathan Rea fez uso de toda a sua experiência e voltou a cruzar a linha de meta em primeiro, com Toprak Razgatlioglu a continuar uma série muito positiva de resultados com mais um segundo posto.

Mais atrás, e depois de uma intensa luta com Alex Lowes (PATA Yamaha World SBK) e Leon Haslam, Alvaro Bautista finalmente conseguiu regressar ao pódio do Mundial Superbike. Infelizmente para as suas aspirações, o grande rival, Rea, voltou a vencer, e assim o espanhol fica cada vez mais afastado da liderança.

Depois da ronda britânica do Mundial Superbike no circuito de Donington a corrida ao título está mais intensa do que nunca! Jonathan Rea é agora o líder com 376 pontos, Alvaro Bautista tem agora um défice de 24 pontos para o líder, sendo que o terceiro classificado é Michael van der Mark com 206 pontos.

andardemoto.pt @ 8-7-2019 21:10:29


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto