MotoGP Áustria – Miguel Oliveira abre com 10º tempo

Piloto português está a aproveitar da melhor forma as melhorias na KTM RC16. Miguel Oliveira terminou a primeira sessão de treinos livres com o 10º melhor tempo, um registo que deixa, novamente, boas perspetivas para o piloto da Red Bull KTM Tech3 para o que falta deste Grande Prémio da Áustria de MotoGP.

andardemoto.pt @ 9-8-2019 09:55:18

Miguel Oliveira entrou bem neste fim de semana do Grande Prémio da Áustria, que se realiza no circuito Red Bull Ring, casa da KTM. O piloto português foi ao longo da primeira sessão de treinos livres o melhor piloto KTM em pista, apenas batido nos momentos finais por Johann Zarco (Red Bull KTM Factory) que fez o 8º tempo nos TL1.

O “rookie” da KTM parecia ter conseguido um lugar nos cinco primeiros, surpreendendo tudo e todos com o 5º melhor tempo a faltarem pouco mais de 4 minutos para o final da sessão, mas quando os seus adversários saíram para a pista com pneus e afinações específicas para encontrar o melhor tempo no Red Bull Ring, o Miguel Oliveira acabou por cair algumas posições na tabela de tempos.

Assim, o português da Red Bull KTM Tech3, que parece estar a beneficiar dos componentes que finalmente estão à disposição da equipa satélite Tech3, em particular disponíveis para Miguel Oliveira, continua a apresentar tempos por volta cada vez mais consistentes e perto dos lugares de Top 10.


E foi precisamente a fechar o Top 10 que o jovem de Almada terminou a primeira sessão de treinos livres, terminando a 0,891s, do mais rápido para já, o italiano Andrea Dovizioso (Mission Winnow Ducati), que por sua vez também aproveitou os segundos finais para destronar Marc Marquez (Repsol Honda) do lugar de topo na tabela de tempos. O terceiro melhor nesta primeira saída à pista foi Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha).

Nesta primeira sessão do dia no Red Bull Ring destaque para a queda aparatosa do malaio Hafizh Syahrin, companheiro de equipa até ao final desta temporada de Miguel Oliveira, já na curva de acesso à reta da meta. Uma queda forte que deixou Syahrin bastante combalido, talvez com alguma lesão, pois ficou deitado na escaptória por alguns momentos, sendo que no momento em que escrevemos esta notícia ainda não há notícias a esse respeito.

andardemoto.pt @ 9-8-2019 09:55:18