MotoGP – Hervé Poncharal admite perder Miguel Oliveira para a equipa de fábrica KTM

Diretor da Tech3 deu uma entrevista ao jornal espanhol Marca onde falou do francês Johann Zarco, e o que a sua decisão de abandonar a KTM poderá significar para o futuro de Miguel Oliveira dentro da marca austríaca.

andardemoto.pt @ 20-8-2019 11:40:00

A decisão tomada por Johann Zarco de dar por terminada a sua ligação à KTM no final da atual temporada de MotoGP, um ano antes do fim do seu contrato, continua a criar “ondas de choque” no paddock do Mundial de Velocidade. Desta feita é Hervé Poncharal, compatriota de Zarco, e diretor da Tech3, equipa onde o piloto francês competiu duas temporadas, que decidiu abordar o tema do momento em MotoGP.

Poncharal aproveitou a pausa entre o Grande Prémio da Áustria e o de Inglaterra para conceder uma entrevista extensa ao jornal espanhol Marca. Nessa entrevista Poncharal aborda diversos temas, mas foca-se precisamente na decisão de Zarco

“Toda a gente pensava que o Zarco ia dar mais luta ao Pol Espargaró, mas desde que chegou não entendemos o porquê de não conseguir os resultados esperados. Penso que no lado da box do Zarco não se adaptaram muito bem e ele pensa que já esperou tempo suficiente para ter resultados. Veremos o que acontece no futuro, mas foi uma decisão surpreendente para mim e para os diretores da KTM. Sabíamos que estava com problemas, mas ainda lhe faltava um ano e meio de contrato. Eu apenas quero que ele seja feliz, e não era feliz a pilotar uma KTM. Mas aqui entre nós: será difícil conseguir uma oportunidade noutra equipa!”, confessa Hervé Poncharal.


E se Poncharal tem sérias dúvidas sobre o futuro de Johann Zarco, o mesmo já não se pode dizer em relação ao seu “piloto de ouro” Miguel Oliveira.

O jovem “rookie” tem surpreendido tudo e todos com as suas performances, e o resultado brilhante no Red Bull Ring deixou a cúpula da KTM ainda mais certa de que Miguel Oliveira é o piloto que querem na equipa de fábrica.

Precisamente na equipa de fábrica vai haver, a partir do final da temporada, um lugar livre, e muitos defendem que esse lugar deve ser ocupado pelo jovem português que milita na equipa Tech3 de Hervé Poncharal.

O “team manager” da equipa satélite da KTM em MotoGP mostra-se tranquilo em relação a manter Miguel Oliveira na sua equipa em 2020, mas admite, e tem plena consciência, que a situação pode alterar-se de um momento para o outro, até porque atualmente não há muitos pilotos disponíveis para fazer dupla com Pol Espargaró na próxima temporada

“Parece que o Miguel Oliveira é a melhor opção. Mas o Stefan Pierer (CEO da KTM) confirmou-me que não têm planeado tirar o Miguel da minha equipa. Mas isto é agora, hoje. Não sei o que se vai passar pois não há muitos pilotos livres e a equipa oficial é a mais importante para a fábrica. É uma dor de cabeça pois os chefes de equipa estão a luta por ter os “miúdos de ouro”, e eu cotinuarei a trabalhar com os meus pilotos. Mas vou lutar para ficar com o Miguel Oliveira e com o Brad Binder!”.

Palavras interessantes de Hervé Poncharal em relação à situação futura de Miguel Oliveira na equipa Tech3 ou na equipa de fábrica da KTM em MotoGP.

Onde é que o português irá competir em 2020? Tudo indica que seja na Red Bull KTM Tech3. Mas, como afirma Hervé Poncharal, o que hoje parece certo amanhã já não é...

andardemoto.pt @ 20-8-2019 11:40:00