MotoGP - Calendário provisório de 2020 com vinte Grandes Prémios

Ainda não é oficial, mas o calendário do Mundial de Velocidade contará com diversas novidades. Novos circuitos e datas diferentes do que estamos habituados. Assim será o calendário de MotoGP para 2020.

andardemoto.pt @ 27-8-2019 17:41:54

A versão provisória do calendário 2020 do Mundial de Velocidade ainda não foi oficialmente divulgada, mas o portal alemão Speedweek avança desde já com aquele que será o calendário da próxima temporada.

A grande novidade é a entrada do novo circuito finlandês KymiRing, que recentemente recebeu dois dias de testes de MotoGP. O circuito está em fase final de construção, e deverá estar pronto a tempo de ver confirmada a sua entrada no calendário.

Mas, para além do novo circuito, teremos ainda mudanças ao nível dos dias em que se realizam diversos Grandes Prémios, e inclusivamente teremos mudanças na ordem de cada GP.

Com a temporada a começar como sempre no Qatar, corrida noturna, a primeira grande novidade é a mudança do GP da Tailândia, em Buriram. O circuito tailandês recebe o paddock do Mundial de Velocidade em março e não em outubro.

Depois, e ao contrário do habitual, o Circuito das Américas recebe a terceira corrida da temporada por troca com Termas de Rio Hondo, Argentina. A partir daí os pilotos entram na temporada europeia, com o primeiro GP na Europa a ser o de Jerez de La Frontera.

O Grande Prémio da Finlândia entrará no calendário no início de junho, o que depois obrigará os pilotos a competir em dois fins de semana consecutivos no GP de Itália e depois da Catalunha. As mudanças no calendário afetam também a corrida no circuito espanhol de Motorland Aragón, que passa para outubro, antes das longas viagens para Japão, Austrália, e Malásia.


Depois acontece o grande final de temporada no circuito Ricardo Tormo, com o Grande Prémio da Comunidade Valenciana a fechar o que se espera venha a ser uma temporada memorável.

Ao todo o Mundial de Velocidade 2020 terá vinte corridas, e a Dorna pretende chegar a acordo com a IRTA para que de 2022 a 2026 o calendário passe para 22 corridas, provavelmente com a entrada do Grande Prémio de Portugal. Caso a temporada passe a ter as 22 corridas, será expectável que os testes de inverno / prétemporada deixem de existir, pelo menos tantos dias de testes, com a Dorna a permitir então que os fabricantes apresentem modificações aos motores até à quarta ronda do ano, e só a partir daí é que os motores serão selados até ao fim da temporada.

Aqui fica o calendário provisório do Mundial de Velocidade 2020

08 de março – Doha, Qatar
22 de março – Buriram, Tailândia
05 de abril – Austin, Estados Unidos
19 de abril - Argentina
03 de maio – Jerez, Espanha 
17 de maio - Le Mans, França 
31 de maio – Mugello, Itália 
07 de junho - Barcelona, Espanha
21 de junho – Sachsenring, Alemanha
28 de junho – Assen, Holanda
12 de julho – KymiRing, Finlândia
09 de agosto – Brno, República Checa
16 de agosto - Austria 
30 de agosto – Silverstone, Inglaterra 
13 de setembro – Misano, São Marino
04 de outubro – Aragón, Espanha
18 de outubro – Motegi, Japão
25 de outubro - Phillip Island, Austrália
01 de novembro – Sepang, Malásia
15 de novembro – Valência, Espanha

andardemoto.pt @ 27-8-2019 17:41:54