6/9/2019 a 8/9/2019 Já se conhece o percurso da Baja TT Vindimas do Alentejo

Foi apresentada em Lisboa a Baja TT Vindimas do Alentejo, que decorre de 6 a 8 de setembro nos concelhos de Beja, Castro Verde, Mértola e Aljustrel. Uma prova com um percurso especial e que promete espetáculo para os amantes do TT.

andardemoto.pt @ 3-9-2019 20:25:27

É já com os motores a aquecer para dar início à Baja TT Vindimas do Alentejo, com início marcado para 6 de setembro e fim no dia 8, que a organização desta prova de todo-o-terreno, a CPKA – Clube de Promoção de Karting e Automobilismo, revelou em Lisboa o programa e percurso desta prova.

Com o centro nevrálgico da Baja TT Vindimas do Alentejo a ser o parque de feiras e exposições em Santa Clara do Louredo, Beja, a prova das motos terá um total de 150 km no primeiro dia aos quais se somam outros 85 km no segundo dia.

Numa prova onde a CPKA, que se estreia na organização, espera ter conseguido criar as condições para oferecer ao público um excelente espetáculo, e aos pilotos os troços rápidos e com bom piso que garantem um nível de pilotagem elevado e competitivo, os pilotos vão ter de disputar a prova nos concelhos de Beja, Castro Verde, Mértola e ainda em Aljustrel.

Antes da cerimónia de arranque, que acontece na noite de dia 6 de setembro, os pilotos terão de passar pelas habituais verificações técnicas e administrativas. A prova propriamente dita tem início na manhã de dia 7, com o prólogo de 6,7 km, um traçado criado específicamente para a Baja TT Vindimas do Alentejo.


Nesse mesmo dia as motos terão então de cumprir os 150 km de troços fora de estrada, dividindo o percurso com os automóveis, Moto4, e ainda os SSV. Neste primeiro dia os pilotos vão percorrer troços em Cabeça Gorda, Outeiro, Corte de Cobres, Carregueiro, Albernes, e Barragem do Monte dos Grous.

No dia 8 a CPKA vai dividir o pelotão, com os automóveis a percorrerem pela segunda vez o percurso do dia anterior, enquanto as motos, Moto4 e SSV, vão ter de enfrentar um percurso diferente, menos extenso, com passagens em Cabeça Gorda, Outeiro, Vale de Camelos, Azinhalinho, sem esquecer nova passagem pela Barragem Monte dos Grous antes da chegada ao final em Santa Clara do Louredo.

De referir que neste segundo dia os pilotos não terão possibilidade de abastecimento nem de receber assistência das suas equipas.

andardemoto.pt @ 3-9-2019 20:25:27