SBK Portimão - Campeão mostra quem manda no Autódromo Internacional do Algarve

Jonathan Rea quer continuar o seu registo impressionante de vitórias no Autódromo Internacional do Algarve, e abre a ronda portuguesa com o melhor tempo, deixando Alvaro Bautista em segundo. Nas Supersport 600 a batalha continua entre companheiros de equipa, com Federico Caricasulo a bater Randy Krummenacher.

andardemoto.pt @ 6-9-2019 18:36:18

Sob um calor intenso, realizaram-se as primeiras sessões de treinos livres da 10ª ronda da temporada 2019 do Mundial Superbike. Com o asfalto do Autódromo Internacional do Algarve a revelar-se bastante complicado em termos de aderência, devido à temperatura elevada, a segunda sessão em pista nas categorias Superbike e Supersport 600 foi mais complicada.

Na categoria principal, Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) voltou a mostrar quem é o melhor no circuito algarvio. O norte-irlandês sabe que tem o quinto título bem encaminhado, mas nem por isso parece estar disposto a cortar acelerador nesta reta final da temporada.

Rea foi o melhor na primeira sessão de treinos livres, e o seu tempo de 1m41.931s permitiu que o piloto da Kawasaki conseguisse bater o seu maior rival Alvaro Bautista (Aruba.it Ducati) a 78 centésimas de distância.


O espanhol da Ducati ainda foi o mais rápido na sessão da tarde, mas com os tempos por volta mais elevados, a tabela de tempos combinada do primero dia no Autódromo Internacional do Algarve fica definida, quase na totalidade, pelos tempos da primeira sessão de treinos.

O terceiro melhor em pista foi Alex Lowes (PATA Yamaha World SBK). O britânico não vai permanecer na equipa oficial da casa de Iwata, e aparentemente poderá terminar a sua malapata com o circuito português, mostrando estar bastante rápido aos comandos da sua Yamaha YZF-R1.


Quanto ao Mundial Supersport 600, este primeiro dia em pista no AIA permitiu ver que os dois pilotos da Bardahl Bros. Yamaha continuam a estar um passo à frente dos restantes pilotos desta categoria.

Na sessão matinal foi o líder do campeonato Randy Krummenacher a ser o mais rápido, mas uma queda forte, que o deixou com lesões no joelho esquerdo, impediu Krummenacher de lutar de igual para igual com o seu companheiro de equipa Federico Caricasulo durante a sessão de treinos livres 2.

O italiano, num esforço final, conseguiu melhorar o melhor registo da manhã em cerca de três décimas, e assim Caricasulo consegue ser o mais rápido do primeiro dia nesta ronda portuguesa do Mundial Supersport. O terceiro melhor é mais um piloto Yamaha, neste caso o francês Jules Cluzel.

andardemoto.pt @ 6-9-2019 18:36:18