SBK – Alvaro Bautista abre o livro sobre a temporada na Ducati

Agora que está confirmada a sua saída da Ducati no Mundial Superbike, Alvaro Bautista decidiu começar a falar sobre o que tem sentido aos comandos da Ducati Panigale V4 R da equipa Aruba.it.

andardemoto.pt @ 12-9-2019 16:48:46

Apesar da vitória na Corrida 2 da ronda portuguesa do Mundial Superbike, Alvaro Bautista não está convencido que a Ducati está a trabalhar o suficiente para solucionar os problemas na Panigale V4 R, problemas que o têm impedido de lutar pelas vitórias nesta segunda metade da temporada.

Agora que o piloto espanhol sabe que não ficará na Aruba.it Ducati, pois será substituído por Scott Redding, e estando mais “livre” para comentar o que se passa na equipa italiana, Alvaro Bautista decidiu abrir o livro sobre a sua temporada na Ducati.

Em declarações publicadas pelo website italiano GPOne, Bautista diz que “a moto é basicamente a mesma desde o início do ano. Não temos novidades assinaláveis desde o início do ano, por isso continuamos a ter problemas de tração ou de estabilidade. Há circuitos onde se nota mais os problemas e outro não. Em resumo: sabemos perfeitamente onde está o problema, mas não se faz o suficiente para o resolver”.


Aos 34 anos, Alvaro Bautista continua sem revelar detalhes sobre o seu futuro.

Existe uma forte probabilidade de se confirmar muito em breve a assinatura de contrato entre o piloto natural de Talavera de la Reina e a Honda.

Numa equipa que, dizem os rumores vindos do paddock do Mundial de Velocidade, terá como “big boss” Alberto Puig, diretor desportivo da Repsol Honda em MotoGP, Bautista terá como missão ser o “ponta de lança” da marca nipónica no Mundial Superbike, e logo aos comandos da nova CBR1000RR Fireblade, moto que poderá vir equipada com aerodinâmica ativa!

Com mais de 90 pontos de diferença para Jonathan Rea na luta pelo título de Superbike, Alvaro Bautista tem uma missão quase impossível. Matematicamente ainda tem possibilidades, mas com apenas três rondas por realizar – França, Argentina e Qatar -, o espanhol da Ducati não tem muitas hipóteses de impedir o quinto título consecutivo de Rea e da Kawasaki.

andardemoto.pt @ 12-9-2019 16:48:46


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto