MotoGP Aragão – Marquez confirma domínio com “pole” e Miguel Oliveira arranca de 17º

Espanhol da Repsol Honda assegurou a nona “pole position” da temporada e nem mesmo um último esforço de Fabio Quartararo permitiu desalojar Marc Marquez do topo em Motorland Aragon. Português Miguel Oliveira parte de 17º para o Grande Prémio de Aragão.

andardemoto.pt @ 21-9-2019 14:44:59

Marc Marquez voltou a demonstrar que em Motorland Aragon está num nível superior à concorrência em MotoGP. O espanhol da Repsol Honda, embora não tenha conseguido aproximar-se do melhor tempo do fim-de-semana que foi por si registado logo na primeira sessão de treinos livres (1m46.869s), foi o mais veloz da Qualificação 2.

Com a melhor volta da Q2 em 1m47.009s, Marquez deixou a concorrência a larga distância, assegurou que arranca para o Grande Prémio de Aragão na frente do pelotão de MotoGP, algo que acontece pela 9ª vez esta temporada, e nem mesmo um esforço final do “rookie” Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT) permitiu desalojar Marquez do topo da qualificação.


Quando já todos pensavam que Marc Marquez tinha a “pole position” assegurada, Quartararo ainda estava a inciar a sua última volta lançada. Nos dois primeiros setores o jovem francês foi mais rápido que Marquez, mas no terceiro setor a sua Yamaha M1, que relembramos, não faz tanta rotação como as motos de fábrica, acabou por sofrer na longa reta de Motorland Aragon.

Assim, foi mesmo na linha de meta que Quartararo viu fugir-lhe a “pole position” por pouco mais de 3 décimas. Ainda assim, este segundo lugar em qualificação deixa Quartararo em excelente posição para a corrida de MotoGP.

A primeira linha da grelha ficou fechada com a presença de Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha). O piloto espanhol queixou-se que devido à chuva da noite passada e desta manhã as condições de aderência do asfalto de Motorland Aragon alteraram-se significativamente, e que não conseguiu ser tão rápido como esperava.


Já Miguel Oliveira obteve o sétimo lugar na Qualificação 1, o que no final desta qualificação de MotoGP lhe permite arrancar para a corrida da 17ª posição.

Depois de falhar o acesso à Q2 por apenas meio segundo, Miguel Oliveira e a equipa Red Bull KTM Tech3 tentaram encontrar uma afinação que permita ao “rookie” português atacar os tempos com pneu mais mole da Michelin.

No entanto a equipa e o piloto não conseguiram fazer com que a KTM RC16 consiga trabalhar com esse composto, pelo que Miguel Oliveira teve de se contentar com o 17º lugar na tabela de tempos da qualificação. Ainda assim, o jovem luso mostra-se confiante de que com os compostos mais resistentes tem o ritmo de corrida que lhe permitirá obter um bom resultado no GP de Aragão:

“Foi um dia de qualificação complicado. Esta manhã começámos com condições mistas, fizemos alterações na moto e senti-me bem. Para ser honesto, por alguma razão não conseguimos fazer com que a moto trabalhe com o pneu mole. O nosso ritmo de corrida parece ser melhor do que quando procuramos voltas rápidas, por isso vamos esperar que consiga fazer um bom arranque amanhã e que depois faça uma boa corrida”, afirmou o Miguel Oliveira depois da qualificação.

Neste Grande Prémio de Aragão nota ainda para a ausência de Pol Espargaró. A equipa Red Bull KTM Factory não vai poder contar com aquele que é o seu principal piloto, pois Pol Espargaró sofreu um “highside” bastante violento, e no impacto no asfalto acabou por sofrer uma fratura no pulso esquerdo e não tem possibilidade de competir na corrida de MotoGP em Aragão.

Destaque nesta qualificação de MotoGP para o Grande Prémio de Aragão para a prestação de Aleix Espargaró (Gresini Aprilia). Ao contrário do seu irmão, o mais velho dos Espargaró teve uma qualificação muito positiva, e desta vez a Aprilia RS-GP pareceu funcionar muito bem. Aleix vai arrancar de 5º na grelha de partida, a sua melhor posição em qualificação esta temporada.

andardemoto.pt @ 21-9-2019 14:44:59