CNV – Todos os campeões encontrados na última ronda no Estoril

A última das seis rondas do Campeonato Nacional de Velocidade 2019 realizou-se no Autódromo do Estoril. Com condições mistas, ficaram encontrados os novos campeões nacionais das diversas categorias.

andardemoto.pt @ 23-10-2019 20:48:45

A temporada 2019 foi longa, e com a sexta ronda do ano realizada no Autódromo do Estoril, terminou aquela que foi um ano bastante interessante ao nível da competição nas diversas categorias, um ano onde mais uma vez assistimos a mais pilotos em pista e a batalhas bastante renhidas tanto no Estoril como no Autódromo Internacional do Algarve.

Com os títulos de PréMoto3 e Moto4 já decididos na penúltima ronda do ano, também no Estoril, esta última visita ao circuito com vista priveligiada para a Serra de Sintra permitiu definir os campeões nacionais das restantes categorias.

Na categoria Superbike, a principal do Campeonato Nacional de Velocidade, Ivo Lopes revalidou o título. No Estoril o piloto da Santogal ENI BMW alcançou mais duas vitórias em Superbike e assim retirou qualquer hipótese a Pedro Nuno (Yamaha) de poder roubar-lhe o título.

Na primeira corrida realizada na tarde de sábado e com a pista molhada depois da chuva se ter instalado no circuito antes e durante alguns momentos da corrida, foi Ivo Lopes quem venceu - tinha sido igualmente o mais rápido na qualificação - cruzando a linha de meta com mais de 16 segundos de vantagem sobre André Pires, com este a discutir com Romeu Leite que acabou por encerrar o primeiro pódio das SBK no fecho do campeonato.

Pedro Nuno foi forçado a parar para trocar de rodas quando a pista ficou mais encharcada e fechou a corrida no 14º posto.

Na segunda corrida, realizada já no domingo e com o asfalto seco, Ivo Lopes voltou a ditar a sua lei e venceu, mas agora com apenas meio segundo de vantagem sobre André Pires, que foi de novo o segundo cruzando a linha de meta com mais de 12 segundos de margem sobre Pedro Nuno no final das 15 voltas realizadas.

Com os resultados do fim‑de‑semana, Ivo Lopes renovou o título nas Superbike face a Pedro Nuno e André Pires (Yamaha), que fecharam o pódio, com Tiago Magalhães (Aprilia) e Rui Marto (BMW) a fecharem o lote dos cinco primeiros num ano de CNV onde pontuaram 21 pilotos na classe maior da competição.


Nas Superstock 600, cujo título ficou nas mãos de Dani Trelles, as vitórias foram para Ricardo Almeida na primeira corrida e Angel Dominguez na segunda. Trelles precisava apenas de controlar a concorrência e ao ser terceiro no sábado e segundo no domingo levou para solo espanhol o ceptro na categoria.

Com o título já assegurado nas PréMoto3 desde a etapa anterior do campeonato, Kiko Maria voltou a vencer no asfalto do Estoril num dia onde a luta pela vitória nas Supersport 300 esteve igualmente em nível de elevada intensidade.

Pedro Fragoso venceu e somou os pontos necessários para se sagrar campeão nacional na classe após uma corrida onde Miguel Santiago assinou o seu melhor resultado do ano e foi segundo na linha de meta na frente de Tomás Alonso, que fechou o campeonato em segundo atrás de Fragoso e na frente de Santiago.

Nas 85GP/Moto4 as contas do título estavam igualmente fechadas e com nova vitória de Nuno Ribeiro - a segunda do ano - o campeonato ficou ainda mais sólido nas mãos do jovem piloto, face a Bruna Santos e Marco Mateiro.

Nas Moto5 foi Ivan Bolano quem venceu e assegurou o título nacional após uma jornada onde Martim Reis foi segundo e Tiago Balhé o terceiro. Nas contas do campeonato Bolano venceu na frente de Manuel Branquinho e Pedro Afonso.


A prova do Estoril encerrou igualmente as contas de todos os troféus, cujas entregas de prémios foram igualmente realizadas no final do dia, e no Troféu ENI - Taça Luis Carreira, João Curva, mesmo ausente, garantiu a vitória na classe Open, o mesmo se passando com Ricardo Almeida nas Superbike.

Fernando Mercier foi o vencedor na Open e Pedro Dias nas Superbike. Nas Supersport foi António Reis quem venceu no Estoril e na classificação global da temporada, cabendo a João Vieira o primeiro lugar nas Sport.

As contas do sempre animado e concorrido Troféu ZCup viram Luis Franco e Anselmo Vilardebó dividirem as vitórias entre sábado e domingo respetivamente, sendo Paulo Vicente o vencedor do mesmo face a Duarte Amaral e Luis Franco.

andardemoto.pt @ 23-10-2019 20:48:45


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto