Rali Dakar 2020 com seis portugueses nas motos

Foi revelado o percurso do Rali Dakar 2020. A 42 edição daquela que é a maior prova de todo-o-terreno do mundo acontece pela primeira vez integralmente na Arábia Saudita. Seis pilotos portugueses vão enfrentar os quase 8000 km de prova aos comandos das suas motos de 5 a 17 de janeiro.

andardemoto.pt @ 26-11-2019 17:42:28

Estamos a pouco mais de um mês de distância do início da 42ª edição daquela que é considerada como a prova de todo-o-terreno mais dura do mundo. O Rali Dakar, depois de 11 anos a disputar-se na América do Sul, volta a mudar de local e instala-se de 5 a 17 de janeiro na Arábia Saudita.

O percurso do próximo Rali Dakar foi agora revelado, com a organização a destacar que nesta edição de 2020 foi dada primazia à navegação e não tanto à dureza das etapas, no que será o regresso às raízes do Dakar em termos de navegação.

Ao todo serão 12 dias de competição em que os pilotos terão de enfrentar 7856 km, e mais de cinco mil desses serão cronometrados. Como seria de esperar, esta edição na Arábia Saudita vai contar com muita areia! A organização do Rali Dakar adianta que 70% do percurso é no deserto.


Portugal volta a contar com uma presença bastante interessante na categoria Motos.

Serão seis os pilotos portugueses que vão partir à conquista da glória no próximo Rali Dakar.

Paulo Gonçalves é o nome mais sonante da armada lusa, e com o número 8 no dorsal, o piloto de Esposende faz parte da equipa Hero, tal como o também português Joaquim Rodrigues Jr. que vai competir com o número 27.

Com motos da KTM temos os pilotos Mário Patrão (nº31) e Sebastian Bühler (nº32). Fausto Mota (nº38) vai competir aos comandos de uma Husqvarna, enquanto António Maio (nº53) enfrenta o Rali Dakar aos comandos de uma Yamaha.


O Rali Dakar 2020 arranca a 5 de janeiro em Jeddah com uma tirada de 752 quilómetros, 319 deles ao cronómetro. No dia 11 os pilotos descansam depois de enfrentarem uma etapa super-maratona, em que os pilotos das motos terão apenas 10 minutos para reparações. A maior etapa será disputada a 14 de janeiro, entre Wadi Al-Dawasir e Haradh, com 891 quilómetros.

De referir que em termos de pilotos portugueses bem conhecidos no mundo das duas rodas, este Dakar 2020 terá ainda a presença de Pedro Bianchi Prata, que será navegador do piloto Conrad Rautenbach na categoria SSV.

andardemoto.pt @ 26-11-2019 17:42:28


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto