MotoGP – Amostra B de Andrea Iannone dá positivo

Futuro do piloto italiano da Aprilia está em dúvida depois da análise à amostra B ter dado positivo a substância dopante. Andrea Iannone terá agora uma difícil batalha pela frente e Aprilia já pensa em Bradley Smith para ocupar o lugar na equipa de MotoGP.

andardemoto.pt @ 9-1-2020 12:41:00

Tal como previsto, os resultados da análise à amostra B de Andrea Iannone foram conhecidos nos primeiros dias de janeiro. Depois de ter sido apanhado nas malhas do doping através de um controlo surpresa após o Grande Prémio da Malásia 2019, Iannone vai ter pela frente uma dura batalha para provar a sua inocência.

De acordo com vários meios de comunicação social italianos, especialmente atentos ao caso do seu compatriota, a segunda amostra de urina de Iannone voltou a dar positivo para substância dopante. Particularmente drostanolona, substância que se inclui na lista de Esteróides Androgénicos Anabolizantes Exógenos.

A quantidade de drostanolona na amostra B da urina de Andrea Iannone é bastante reduzida, o que levou o advogado do piloto, Antonio de Rensis, a formular uma teoria de que teria sido carne contaminada que levou aos resultados positivos.


Antonio de Rensis diz que “A contranálise deveria apresentar resultados de matabólitos iguais a 1150 nanogramas por mililitro, uma quantidade muito pequena, considerando que o piloto esteve na Ásia durante mais de um mês e que o teste, realizado imediatamente após o GP, foi relativo a uma amostra de urina muito densa, igual a 1.024, devido à enorme desidratação após a corrida”.

Não há ainda informação de qual será o castigo aplicado a Andrea Iannone pela Federação Internacional de Motociclismo (FIM). De acordo com as regras antidoping, a FIM poderá suspender o piloto italiano por um período de até 4 anos, o que significaria o fim da carreira para Iannone.

A Aprilia, através do CEO do seu departamento de competição Massimo Rivola, ainda não tomou uma posição definitiva sobre o assunto, mas refere que tem o britânico Bradley Smith pronto para ocupar o lugar de Iannone na sua equipa de MotoGP.

Andrea Iannone terá agora de lutar para provar a sua inocência. Mas será sempre um processo que demorará algum tempo até haver uma decisão depois de uma audiência disciplinar, pelo menos 45 dias, pelo que o piloto vai perder o primeiro teste de MotoGP em Sepang, e provavelmente até as primeiras corridas da temporada 2020.

andardemoto.pt @ 9-1-2020 12:41:00


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto