MotoGP – Alex Marquez vai ter três dias extra para testar com a Repsol Honda

Irmão mais novo de Marc Marquez e novo recruta da Repsol Honda em MotoGP vai ter direito a testar mais dias que os outros pilotos. Alex Marquez vai aproveitar a nova regra que confere aos “rookies” mais dias de testes. Iker Lecuona e Brad Binder da KTM também vão poder usufruir destes dias extra.

andardemoto.pt @ 30-1-2020 10:45:00

Com o primeiro teste oficial de MotoGP a aproximar-se rapidamente (7 de fevereiro), os pilotos da categoria rainha já estão a preparar as malas para viajarem até Sepang, circuito malaio que vai acolher este primeiro confronto em pista entre as várias equipas de MotoGP.

Porém, alguns pilotos terão de fazer a mala mais depressa e estar em Sepang alguns dias antes dos testes oficiais.

Aproveitando a nova regra criada para permitir aos pilotos estreantes e piloto das equipas “concessão” (KTM e Aprilia), e que confere três dias extra de testes de forma a minimizar a perda dos dias de testes privados e oficiais durante a temporada que este ano tem um total de 20 corridas, Alex Marquez (Repsol Honda), Brad Binder (Red Bull KTM Factory) e Iker Lecuona (Red Bull KTM Tech3) estarão em Sepang a partir de dia 2 e até 4 de fevereiro.



Na realidade a presença de Iker Lecuona não está ainda confirmada, pois o jovem espanhol que este ano sobe a MotoGP e será companheiro de equipa do nosso Miguel Oliveira na Tech3, realizou uma cirurgia ao seu antebraço e está por isso em dúvida.

Quem de certeza irá aproveitar os três dias extra de testes será o espanhol Alex Marquez.

O irmão mais novo do campeão Marc Marquez, tem muito trabalho pela frente se quiser fazer boa figura aos comandos da Honda RC213V, uma moto que se tem revelado particularmente complicada para outros pilotos, à exceção do seu próprio irmão que tem conquistado muitas vitórias e títulos em MotoGP.

Para além destes “rookies”, estarão presentes nestes dias extra os pilotos de teste de cada fabricante. Quem também estará presente será Lorenzo Savadori. O italiano foi chamado pela Aprilia Gresini para marcar presença em Sepang, pois ainda não se sabe o que vai acontecer a Andrea Iannone devido ao caso de doping em que foi apanhado.


Apesar de muitos rumores darem como certo que seria o “Imperador romano” Max Biaggi a testar e ocupar o lugar de Iannone aos comandos da nova Aprilia RS-GP de 2020, a verdade é que foi mesmo o próprio Biaggi a colocar um ponto final na especulação, e logo de seguida apareceram nas redes sociais as primeiras imagens de Lorenzo Savadori já equipado à Aprilia e a afirmar estar a caminho de Sepang.

andardemoto.pt @ 30-1-2020 10:45:00


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto