MotoGP – Petrucci confirma saída da Ducati e brinca com participação no Dakar

Piloto italiano confirmou o que se esperava e está de saída da equipa de fábrica da Ducati. Danilo Petrucci está à procura de uma moto em MotoGP para 2021, mas o Mundial Superbike parece ser a hipótese mais provável para o piloto italiano que vai brincando com uma participação no Rali Dakar.

andardemoto.pt @ 3-6-2020 09:22:47

A vida não está fácil para Danilo Petrucci. Depois de pilotar motos Ducati desde 2015, primeiro com a Pramac e depois na equipa de fábrica Mission Winnow Ducati, Petrucci confirmou que 2020 será o último ano aos comandos de uma moto italiana em MotoGP.

Com a contratação de Jack Miller para 2021, a Ducati colocou claramente a pressão nos ombros de Danilo Petrucci. Embora Andrea Dovizioso não tenha ainda assinado novo contrato, será difícil, até tendo em conta a atual conjuntura de pilotos, que a Ducati deixe fugir aquele que tem sido o maior adversário de Marc Marquez.

Petrucci percebeu rapidamente quem é o “elo mais fraco”.

O piloto italiano decidiu então confirmar o que muitos esperavam, e 2020 será o fim da sua ligação com a equipa de fábrica da Ducati. Contratado em 2019 para substituir Jorge Lorenzo, Petrucci não teve um ano particularmente bom aos comandos da Demosedici GP19.

Leia também - MotoGP: Jack Miller confirmado como piloto de fábrica da Ducati para 2021



No começo da temporada sentiu algumas dificuldades, mas foi sempre conseguindo alguns resultados com muito esforço. A sua melhor prestação não podia ter aparecido em melhor altura: no Grande Prémio de Itália, em Mugello, e perante milhares de fãs italianos, Petrucci levou a melhor numa das melhores batalhas em pista que vimos nos últimos anos.

Frente a Marc Marquez e o seu companheiro de equipa Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci não cedeu, e garantiu que um piloto italiano, numa moto italiana, vencia o GP de Itália. Foi, aliás, a única vitória de Petrucci em MotoGP até ao momento.

A partir daí o piloto da Ducati nunca mais se conseguiu encontrar, e a meio da temporada o australiano Jack Miller passou a ser o segundo melhor piloto da marca, obtendo regularmente melhores resultados. Ainda assim, Petrucci terminou 2019 à frente daquele que será o seu substituto a partir de 2021.



Quanto ao futuro, neste momento a continuação em MotoGP parece estar bastante complicada.

Caso Andrea Iannone veja a sua suspensão por doping confirmada, então a Aprilia Gresini necessitará de um piloto para o substituir a partir de 2021. Petrucci estará muito atento a esta situação. Mas tudo depende da decisão do Tribunal Arbitral do Desporto.

A hipótese mais forte atualmente para o italiano parece ser o ingresso no Mundial Superbike.

Marco Barnabò, da Barni Racing Team, não esconde que gostaria de contar com Petrucci aos comandos da Panigale V4 R da sua equipa no Mundial Superbike a partir da próxima temporada. Barnabò está tão entusiasmado com essa possibilidade que diz mesmo que “Fico já com ele (Petrucci)!”.

Temos também de contar com a equipa oficial Ducati neste mundial.

A Aruba.it Ducati conta nas suas fileiras com Chaz Davies e Scott Redding. E ambos não terão o seu lugar completamente assegurado, principalmente com Danilo Petrucci à espreita.


Davies já está há vários anos com a Ducati, mas por uma ou outra razão, não consegue transformar em resultados aquilo que se espera dele.

Scott Redding chegou este ano ao Mundial Superbike vindo do campeonato britânico, onde conquistou o título em 2019, precisamente com a Ducati. Com muita experiência de Mundial de Velocidade e com uma aparente boa adaptação à Panigale V4 R mundialista, Redding está bem “protegido”.

Há no entanto uma terceira hipótese, embora esta seja mais uma brincadeira do que uma hipótese real.

Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, Danilo Petrucci abordou um futuro que passaria pelas provas de todo-o-terreno. Mais concretamente o Rali Dakar. “Mais do que um sonho, competir no Dakar tornou-se numa necessidade, tendo em conta como as coisas estão agora”, afirmou, em tom de brincadeira, o piloto de Terni.

andardemoto.pt @ 3-6-2020 09:22:47


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto