Royal Enfield vai competir no American Flat Track

Marca Indiana criou uma moto baseada na Interceptor 650 que será pilotada por Johnny Lewis durante a temporada do American Flat Track.

andardemoto.pt @ 29-7-2020 20:26:37

Participar em provas de “flat track” parece estar nos objetivos de muitos fabricantes de motos. E agora é a vez da Royal Enfield apanhar essa “febre”.

Depois de assegurar que os fãs do campeonato American Flat Track vão ter acesso à gama da marca indiana em todas as provas, a Royal Enfield criou ainda uma competição exclusiva para mulheres a que chamou de Build Train Race, uma prova única e também realizada com as populares “trackers”. Infelizmente a pandemia obrigou ao adiamento da corrida que se deveria ter realizado em março, na Dixie Speedway.

Agora, a Royal Enfield dá um passo ainda maior na sua ligação a esta modalidade. Agosto de 2020 marca a estreia oficial da marca indiana no American Flat Track! Será a 28 e 29 de agosto que o piloto Johnny Lewis vai pilotar uma moto criada especificamente para a competição, e baseada na bem sucedida a aclamada Interceptor 650.

Leia também – Quatro mulheres criaram espetaculares “trackers” para a Royal Enfield Build Train Race



Na verdade esta entrada em competição não deveria ser uma enorme surpresa, pelo menos para os mais atentos. Em novembro passado, durante o Salão de Milão EICMA, a Royal Enfield revelou alguns projetos interessantes de “trackers” baseadas na Himalayan 410 e na Interceptor 650.

Nesse certame italiano a moto mais interessante foi a Twins FT. O chassis dessa “concept” foi criado pelos especialistas britânicos da Harris Performance, empresa adquirida pela Royal Enfield.

A experiência da Harris Performance permitiu criar um chassis de competição para receber o motor bicilíndrico “seis e meio” da Royal Enfield. Uma combinação que o piloto Johnny Lewis tem vindo a testar, e que, de acordo com as suas palavras, “nasceu” bem e transmite todas as sensações necessárias para a Royal Enfield ser bem sucedida no American Flat Track.

A moto de competição não será exatamente igual à “concept” Twin FT. Será uma moto derivada dessa moto que foi revelada em Milão. E será a partir da moto de competição que a Royal Enfield irá criar uma versão de produção, cumprindo assim com a promessa de usar o motor Twin 650 em mais modelos para além da Interceptor e da Continental.



A Royal Enfield FT, como se vai chamar a moto de competição, vai enfrentar rivais de relevo na categoria Bicilíndricas de Produção. Mas será que tem alguma hipótese de fazer bons resultados nesta temporada de estreia?

Mais uma vez, Johnny Lewis mostra-se confiante nas capacidades da moto indiana fabricada em parceria com a Harris Performance: “Da forma como o calendário está a ser criado, à base de pistas mais curtas, poderemos surpreender muita gente!”.


Mas se a entrada oficial da Royal Enfield é o grande destaque, também convém estar atento ao que a marca indiana está a fazer ao nível da divulgação do “flat track” para mulheres.

Para além de ter criado a Slide School, uma escola para as mulheres aprenderem a arte refinada do “flat track” e onde Johnny Lewis é um dos instrutores, a Royal Enfield não desiste de organizar a corrida Buil Train Race.

Depois de ter de cancelar a prova originalmente programada para março, a Royal Enfield confirma agora que a Build Train Race vai realizar-se dias 2 e 3 de outubro na Dixie Speedway, e foi adicionada uma segunda corrida em Daytona Beach a 15 e 16 de outubro.

andardemoto.pt @ 29-7-2020 20:26:37

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto