Duarte Amaral coroado primeiro vencedor da Tuono Cup!

Na quinta ronda da temporada de estreia da Tuono Cup, Duarte Amaral conseguiu garantir desde já o ambicionado título de campeão desta competição monomarca inserida no Campeonato Nacional de Velocidade. Na terceira visita ao circuito do Estoril, as vitórias dividiram-se entre Paulo Vicente e Miguel Vilares.

andardemoto.pt @ 24-9-2020 14:59:22

Tem sido uma temporada de estreia muito interessante aquela a que temos assistido na Tuono Cup. Este troféu monomarca, integrado no Campeonato Nacional de Velocidade, levou para a pista sete Aprilia Tuono V4 1100 RR e tem-se revelado extremamente competitivo e interessante de seguir.

E depois de realizada a quinta e penúltima ronda do ano, com a terceira vista ao circuito do Estoril, já sabemos quem é o primeiro campeão da Tuono Cup!

Duarte Amaral, ao terminar as duas corridas no Estoril no segundo lugar, conseguiu armazenar os pontos suficientes que o deixam tranquilo na liderança do troféu. Os 79 pontos que o separam do segundo classificado, Anselmo Vilardebó, permitem a Amaral entrar em pista na última ronda do ano já com o título assegurado e essa prova em outubro será então de consagração.

Para esta visita ao Estoril, o promotor do troféu já implementou as alterações às suspensões, alterações essas que foram sendo testadas e que depois de aprovadas foram agora utilizadas em competição. Com isso os tempos dos pilotos melhoraram, e as corridas foram ainda mais emocionantes!

Mas vamos à história da penúltima ronda da temporada para a Tuono Cup.

Tuono Cup – Estoril III – Qualificação


Com Luis Soares ausente por motivos pessoais, o plantel da Tuono Cup viu-se reforçado com o regresso de Hélder Monteiro, que devido a uma queda nos treinos da ronda anterior, em Portimão, viu-se forçado a ficar fora de prova. Estiveram então em pista um total de seis Aprilia Tuono V4 1100 RR.

Paulo Vicente, que compete em modalidade “moto partilhada” com Miguel Vilares, consegue novamente colocar em pista toda a sua rapidez e experiência aos comandos destas naked italianas, obtendo assim mais uma “pole position”. Com uma volta em 1m50.490s, Paulo Vicente deixa atrás de si a Tuono de Duarte Amaral, com o surpreendente Pavel Bogdanov a ser o terceiro melhor das Tuono Cup em qualificação.

Bogdanov melhorou o seu registo no Estoril em mais de 3 segundos, o que revela bem a aprendizagem e evolução dos pilotos deste troféu ao longo da temporada, bem como da evolução da performance da Tuono V4 1100 RR que nos últimos meses tem sido mais eficiente graças às melhorias introduzidas pelo promotor.


Tuono Cup – Estoril III – Corrida 1


Nesta primeira corrida das Tuono Cup, Paulo Vicente não se deixa surpreender e mantém a liderança, disputando com João Curva, do Troféu Luis Carreira, a travagem na primeira curva. Duarte Amaral sabia que apenas necessitava de controlar o andamento dos adversários para somar importantes pontos para o troféu, e colocou-se em boa posição ao rodar em terceiro da geral e segundo entre as Tuono Cup.

Curva conseguiu eventualmente ultrapassar Paulo Vicente. Após a troca de líder, a corrida 1 começou a ficar decidida quando a meio da prova o piloto do Troféu Luis Carreira alcançou cinco segundos de vantagem para Paulo Vicente. O piloto da Aprilia ainda recuperou algum tempo quando se iniciaram as dobragens a pilotos mais atrasados, mas não foi o suficiente para vencer à geral.

Ainda assim, Paulo Vicente voltou aos triunfos na Tuono Cup, com Duarte Amaral a perder a sua terceira posição à geral para a Kawasaki Z900 de Miguel Vilares. Amaral segurou a segunda posição na Tuono Cup, enquanto Pavel Bogdanov fechou as contas do pódio ao cruzar a meta cerca de três segundos atrás de Duarte Amaral.

Tuono Cup – Estoril III – Corrida 2


Com a chuva a fazer-se sentir durante a noite, o asfalto do circuito do Estoril ainda se apresentou molhado durante a sessão de “warm up” da Tuono Cup. Nesta segunda corrida do fim-de-semana Miguel Vilares assumiu os comandos da Tuono V4 RR, enquanto Paulo Vicente fez o caminho inverso e sentou-se aos comandos da Kawasaki Z900.

Ainda antes da corrida começar, o plantel das Tuono Cup ficou reduzido a apenas quatro motos em pista.

Pavel Bogdanov, que até então estava a surpreender tudo e todos com o seu andamento muito superior comparativamente às visitas anteriores ao circuito que tem a Serra de Sintra como cenário, viu a embraiagem da sua Tuono RR ceder, colocando assim um ponto final na sua participação nesta quinta ronda da temporada.

Quem também não arrancou para a última corrida do fim-de-semana das Tuono Cup foi Jorge Figueiredo. Neste caso o problema foi físico, com o piloto a ressentir-se de uma lesão antiga e assim a ficar fora de ação.



Duarte Amaral não quis perder a oportunidade de mostrar o que vale e o porquê de ser o líder da classificação do troféu. Assim que os semáforos apagaram, o líder da classificação das Tuono Cup assumiu a liderança depois de Miguel Vilares ter arrancado mal.

Mas Vilares rapidamente recuperou a concentração e assumiu a liderança logo à segunda passagem pela meta do Estoril. Na discussão da travagem para a primeira curva, Vilares ganha vantagem sobre Amaral, e a partir daí a história da corrida da Tuono Cup resume-se praticamente ao facto de Vilares registar um novo recorde para estas motos no Estoril, rodando em 1m49.096s!

Miguel Vilares assegurou assim a vitória à geral e também na Tuono Cup, com Duarte Amaral a contentar-se com um segundo lugar que foi então o suficiente para se sagrar o primeiro vencedor do troféu Tuono Cup.

Hélder Monteiro subiu ao lugar mais baixo do pódio, enquanto Anselmo Vilardebó viu as suas aspirações a vencer o troféu esfumarem-se com o quarto lugar.


Assim fica a classificação do troféu Tuono Cup após a ronda Estoril III


1 – Duarte Amaral – 206 pontos
2 – Anselmo Vilardebó – 127 pontos
3 – Paulo Vicente – 120 pontos
4 – Hélder Monteiro – 113 pontos
5 – Pavel Bogdanov – 103 pontos
6 – Miguel Vilares – 100 pontos
7 – Jorge Figueiredo – 68 pontos
8 – Luis Soares – 0 pontos

andardemoto.pt @ 24-9-2020 14:59:22

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto