SBK 2024, Phillip Island - Lowes vence Corrida 2

Razgatlıoğlu parte, Rea cai

O Inglês Alex Lowes surpreendeu no domingo com uma dupla vitória, depois de uma ultrapassagem quase inacreditável sobre Alvaro Bautista, e lidera agora o Campeonato.

andardemoto.pt @ 25-2-2024 08:25:15 - Paulo Araújo

Alex Lowes (Kawasaki Racing Team) duplicou o número de vitórias no Campeonato do Mundo de Superbike no domingo ao vencer a Corrida 2 antes parada por bandeira vermelha no Circuito de Grande Prémio de Phillip Island.

A manobra vencedora da corrida aconteceu na última volta, na Curva 9, quando o #22 contornou Alvaro Bautista (Aruba.it Racing - Ducati) pelo exterior em Lukey Heights, iniciando a época de 2024 de forma impressionante durante a ronda australiana.

Andrea Locatelli (Pata Prometeon Yamaha) fez o holeshot em busca da primeira vitória. Manteve a liderança apesar das tentativas de Alex Lowes, Toprak Razgatlıoğlu (ROKiT BMW Motorrad) e Alvaro Bautista, embora este último tenha chegado a primeiro no início da volta 4.


Na Volta 3, a corrida de Razgatlıoğlu chegou ao fim quando a sua M 1000 RR rebentou o motor na Curva 9 e causou o caos atrás, com Jonathan Rea (Pata Prometeon Yamaha) a subir para quarto. No entanto, Rea despistou-se no final da 3ª volta na Curva 11, provocando bandeira vermelha na 4ª volta. Rea foi levado de maca, mas estava consciente. 
A corrida foi reiniciada com 11 voltas, o que eliminou a paragem obrigatória nas boxes.

Com Bautista a alinhar na primeira linha no reinício, ao lado de Locatelli e Andrea Iannone (Team GoEleven), este subiu na ordem nas primeiras três voltas, incluindo uma incrível manobra dupla sobre Michael Ruben Rinaldi (Team Motocorsa Racing) e Rea.

Bautista manteve a liderança, mas o grande impulsionador foi Rinaldi, que passou de 6º para segundo e desafiou Bautista pela liderança.


Rinaldi manteve-se a meio segundo do seu antigo colega de equipa, e apesar de parecer que ia tentar passar na Curva 1 em várias ocasiões, não conseguiu fazer uma manobra sobre o #1. Atrás, Lowes estava a aproximar-se de Rinaldi, com o #22 a passar o italiano para segundo na Curva 1 no início da Volta 8. O trio tinha-se afastado de Iannone, enquanto Locatelli estava a lutar depois de ter descido na ordem quando a corrida começou.

Na Volta 9, Locatelli passou Rinaldi na saída da Curva 10 mas despistou-se quando tentava passar Alex Lowes. Isso permitiu que Bautista e o #22 lutassem pela vitória, e o britânico garantiu a sua segunda vitória do dia numa manobra quase inacreditável quando passou Bautista por fora em Lukey Heights na última volta.

A queda de Locatelli levou Danilo Petrucci (Barni Spark) para 3º, depois de ter lutado com Iannone na última volta, com menos de um décimo a separar os dois italianos.



Foi a quarta vitória de Lowes nas SBK, com três delas a acontecerem no lendário circuito australiano. Foi também o 36º pódio do britânico, e a 180ª vitória da Kawasaki. Isto significa que Lowes lidera o Campeonato pela primeira vez desde a Austrália 2020.

O segundo lugar de Bautista foi o seu 90º pódio em SBK, enquanto o terceiro lugar de Petrucci foi o seu quarto pódio.

Nicolo Bulega (Aruba.it Ducati) recuperou de uma má partida para ser quinto, terminando à frente de Rinaldi. O desafio do #21 durou cerca de metade da corrida, antes de descer na ordem, mas ainda assim conseguiu ficar entre os seis primeiros. Garrett Gerloff (Bonovo Action BMW) subiu na ordem para ficar em oitavo, com Michael van der Mark (ROKiT BMW Motorrad WorldSBK Team) em nono e Dominique Aegerter (GYTR GRT Yamaha WorldSBK Team) em décimo.

O piloto suíço, em todas as três corridas, desceu na ordem na fase inicial, mas foi capaz de lutar por mais um lugar entre os dez primeiros. O #77 tinha inicialmente cruzado a linha de meta em nono, mas foi penalizado com um lugar por ultrapassar sob bandeiras amarelas na Curva 4, na sequência do acidente de Locatelli.


andardemoto.pt @ 25-2-2024 08:25:15 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto