SBK 2024, Assen - Razgatlıoğlu mais rápido no TL1

Bautista 3º, Rea 5º.

A terceira ronda do Mundial Motul de Superbike arrancou com Toprak Razgatlıoğlu (ROKiT BMW Motorrad) a liderar na pista húmida do Circuito TT de Assen e Lowes a seguir.

andardemoto.pt @ 19-4-2024 12:15:28 - Paulo Araújo

O Treino Livre 1 da SBK foi bastante calmo até aos últimos 10 minutos, com os pilotos a tirarem partido das melhores condições na fase final.

Com a chuva da noite a deixar a pista em condições menos que ideais, os melhores tempos do Treino Livre 1 surgiram nos últimos 10 minutos, com Razgatlıoğlu a liderar Alex Lowes (acima, Kawasaki Racing) e Alvaro Bautista (abaixo, Ducati Aruba).

Os tempos baixaram rapidamente na fase final do Treino Livre 1. Toprak tinha sido o primeiro durante a maior parte da sessão, mas ficou na box quando os tempos melhoraram, para voltar à pista a cerca de seis minutos do final.


A dois minutos do final, "O Turco" conseguiu um tempo de 1:35,777s para roubar a liderança a Alex Lowes (Kawasaki Racing), que tinha aproveitado a pista seca para ser provisoriamente o primeiro. Na fase final, Alvaro Bautista (Ducati Aruba) subiu para terceiro com 1:36,271s, quase seis décimos atrás do rival Razgatlıoğlu. Bautista fez 12 voltas com o seu melhor tempo a surgir na última volta.

Remy Gardner (GYTR GRT Yamaha) mostrou forte ritmo em Assen com o quarto lugar, tendo estado entre os três primeiros em vários pontos durante a sessão, para terminar como o melhor piloto Yamaha. Ele ficou a pouco menos de um décimo de Jonathan Rea (Yamaha Pata Prometeon), em quinto, com Garrett Gerloff (Bonovo Action BMW) a reclamar o sexto lugar; tal como Gardner, o americano tinha entrado nos três primeiros na fase final, mas foi despromovido por Rea, Gardner e Bautista.


Foi uma boa sessão para a BMW, com Michael van der Mark (ROKiT BMW Motorrad) a conseguir pôr três M 1000 RR entre os sete primeiros, com o #60 a terminar com menos 0,721s que o seu colega de equipa.

Sam Lowes (Ducati ELF Marc VDS) ficou em oitavo, à frente de uma dupla de italianos, com Andrea Iannone (Team GoEleven) em nono e Nicolo Bulega (Ducati Aruba) em décimo. Bulega teve um momento na Curva 1 e foi parar à gravilha, embora sem cair.


andardemoto.pt @ 19-4-2024 12:15:28 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto