CNTT 2024, Baja Lagos - Martim Ventura vence em Husqvarna

João Vale ganha nos Quad

Martim Ventura em Husqvarna nas motos, João Vale em Can-Am nos Quad e a dupla Pedro Pinha/Joaquim Dias também em Can-Am nos SSV foram os grandes vencedores da Baja de Lagos, quarta etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2024 que a cidade algarvia recebeu no passado fim-de-semana.

andardemoto.pt @ 21-5-2024 15:02:41 - Paulo Araújo

A Baja de Lagos, organizada pelo Clube Automóvel do Algarve, compreendeu um prólogo e uma dupla passagem por um setor seletivo com 158 km de extensão utilizando pistas do Barlavento algarvio e contou com 89 equipas inscritas num programa que incluía ainda Troféu Polaris, Taça YXZ 1000R e Villain Cup,

MOTOS: Terceiro triunfo de Martim Ventura

Nas duas rodas o Campeão Nacional António Maio em Yamaha averbou o melhor tempo no prólogo, mas no dia seguinte Martim Ventura foi o mais rápido nos 158 km cronometrados do setor seletivo da 1ª etapa passando a dispor de uma vantagem de 1:20s para António Maio que aumentou para 2:40s até ao final da corrida, com o piloto da Husqvarna a reforçar a liderança do campeonato, triunfando ainda nas Classes TT3 e Júnior.

Maio venceu a Classe TT2. Posições seguintes para Bruno Santos em Husqvarna e Micael Simão em GasGas. Gustavo Gaudêncio em Honda terminou em 5º lugar. Bernardo Megre, em Kawasaki, na 6ª posição, triunfou entre os concorrentes da Classe TT1. Frederico Rodrigues em Yamaha venceu a Classe Promoção. Vitória de Christophe Lajouanie em Sherco entre os veteranos


QUAD: João Vale vence e assume a liderança do CNTT

Domínio absoluto do ex-campeão nacional João Vale (acima) na competição Quad. O piloto do Can-Am começou por ser o mais rápido no prólogo. No dia seguinte, onde tanto o líder do campeonato Rodrigo Alves como o campeão nacional Luis Fernandes, ambos em Yamaha, ficaram afastados da luta pela vitória na sequência de problemas mecânicos, João Vale assumiu uma liderança destacada com 4m de vantagem para o 2º classificado.

Voltou a impor-se no derradeiro dia de prova exercendo um domínio total e obtendo um resultado que lhe permitiu ascender à liderança do campeonato. 2º lugar para Tiago Gomes em KTM, vencedor da Classe Promoção. Ao pódio absoluto subiu ainda Tiago Teixeira em Yamaha.


SSV: Pedro Pinha estreia-se a vencer e campeonato fica muito renhido

A competição SSV foi a mais movimentada e animada das três disciplinas. Roberto Borrego em Can-Am registou o melhor tempo no prólogo à frente do Polaris pilotado por Tiago Guerreiro. Pedro Santinho Mendes, líder do campeonato e Sérgio Batista, vencedor da prova da Ferraria, não foram além do 12º e do 17º tempo, mas eram pilotos a ter em conta na luta pela vitória. E assim aconteceu no dia seguinte com Pedro Santinho Mendes a liderar no início de SS1 e Sérgio Batista a passar para a liderança até ao final da etapa terminando o dia com uma vantagem de 1:48s para Nelson Caxias com Pedro Pinha a 23s de Caxias e Pedro Antunes a 34s de Pinha.

No derradeiro dia de prova, Pedro Pinha (acima) estreou-se a vencer terminando com escassos 7,8s de vantagem para Nelson Caxias. Um furo relegou Sérgio Batista para o 3º lugar para terminar a 59s do vencedor.

Depois de ter capotado no dia anterior, Pedro Santinho Mendes foi o mais rápido na derradeiro especial cronometrada cedendo a liderança do campeonato a Pedro Pinha. Os quatro primeiros estão agora separados por 8 pontos. Em 5º lugar da geral Luis Marchante, em Polaris RZR, venceu a Classe Stock e triunfou no Troféu Polaris RZR seguido de Arnaldo Monteiro e Sérgio Vaz. Gil Ferreira na Classe Open e Rafael Caseiro na Classe Stock, que triunfou também nos SSV TT2, venceram na Taça Yamaha YXZ 1000R. Dave Catania triunfou na Villain Cup. Gonçalo Guerra em Can-Am triunfou na Classe Júnior.

O CNTT terá agora quatro meses de pausa regressando de 19 a 22 de Setembro para disputar a Baja TT Sharish em Reguengos de Monsaraz.


andardemoto.pt @ 21-5-2024 15:02:41 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto