Segurança em duas rodas

Em ambiente rodoviário, a segurança é um elemento fundamental. Para ajudá-lo nesse sentido, apresentamos-lhe algumas noções básicas sobre como deve circular em duas rodas.

andardemoto.pt @ 8-10-2012 17:52:55

É muito importante que no momento em que se senta na moto active todos os sentidos. Apesar de se aperfeiçoar com a prática, geralmente este comportamento é instintivo. Todos os motociclistas garantem que estão muito mais atentos a tudo o que se passa à sua volta, do que quando se deslocam noutro veículo. Todos os sons são filtrados, qualquer movimento é estudado, e chega-se mesmo a fazer a análise dos condutores dos outros veículos numa pequena fracção de segundos.

O equilíbrio é fundamental e, com o passar do tempo, ganhará uma destreza maior na condução e consequente maneabilidade do veículo. Com os sentidos activos e alguma prática, tornar-se-á mais fácil circular entre os outros veículos. Contudo, deve realizar uma condução consciente, pois é necessário que sinta que está a ser visto pelos outros condutores.
Além disso, existem outros elementos que ditam a segurança. Entre eles, destacam-se:

1. Equipamento adequado

Deve proteger sempre o melhor possível o seu corpo, fazendo uso de um equipamento de segurança adequado. Hoje em dia, a oferta de equipamentos é muito diversificada, pode encontrar luvas, blusões, capacetes para todos os preços.

2. Manutenção do veículo

A sua segurança depende também do estado de funcionamento do veículo que conduz, pelo que deverá ter alguns cuidados básicos com a manutenção do seu veículo. Os cuidados básicos passam muito por usar bom senso. Assim, deve ler e respeitar as indicações dadas pelo fabricante do veículo, no manual;

- Esteja atento aos sinais de qualquer deficiência no veículo para tomar as providências necessárias. Qualquer deficiência pode ser perigosa, não só por poder provocar mau funcionamento do veículo, como também pela distracção que pode causar quando conduz.

3. Comportamentos

Deve cumprir as regras básicas de circulação, dominando e adoptando também algumas técnicas de condução de especial importância quando circula à noite, ou sob condições atmosféricas adversas! Conduza de forma defensiva e cívica:

-Evite situações arriscadas;

-Respeite os outros utentes;

-Dê bons exemplos aos outros condutores!

Regras de Circulação em Segurança

Em termos muito gerais, deverá demonstrar uma preocupação acrescida com três aspectos muito importantes:

Posição de Marcha

Deve circular pelo lado direito da faixa de rodagem e o mais próximo possível das bermas ou passeios.

Deve manter sempre uma distância lateral segura do lancil do passeio, da berma ou dos veículos que se encontrem estacionados e, isto para, entre outros aspectos, conseguir evitar ser surpreendido:

- pela abertura da porta de um automóvel;

- pela existência de uma sargeta, etc.

Distância de segurança 
É a distância necessária para deter o veículo no espaço livre e visível à sua frente. Lembre-se que esta distância se encontra dependente da velocidade a que circula! Para não ser surpreendido pela manobra do veículo que segue à sua frente, deverá  ter sempre a preocupação de manter entre o seu veículo e os outros a distância necessária para poder parar em segurança sem perigo de acidente. Também deve manter uma distância lateral suficiente, de modo a evitar acidentes com os veículos que circulam na mesma faixa de rodagem, quer no mesmo sentido, quer em sentido contrário!

Travagem

Deve circular sempre a uma velocidade que lhe permita parar o veículo no espaço livre e visível à sua frente!

Para tal deve prestar muita atenção:

 - às características do veículo;

 - às condições da via;

 - à intensidade do trânsito.

 Comportamentos Proibidos

Ao circular na via pública com o seu veículo, não pode exibir comportamentos incorrectos que possam acarretar perigo para si e/ou para os outros utilizadores da via pública.  Sendo assim, está proibido de:

1. Circular a par, a não ser que transite numa pista especial e mesmo aí só se não causar perigo ou embaraço para o trânsito.

2. Transportar objectos que prejudiquem a condução ou constituam perigo para a segurança das pessoas ou embaraço para o trânsito.

3. Conduzir com as mãos fora do guiador a não ser quando tiver que assinalar qualquer manobra.

4. Circular com os pés fora dos pedais ou apoios.

5. Levantar a roda da frente ou de trás no arranque ou em circulação.

6. Transportar passageiros de idade inferior a 7 anos em ciclomotores ou motociclos.

7. Transportar carga sem ser em atrelado ou em caixa de carga.

8. Fazer-se rebocar.

Curvar em Segurança

Primeiro que tudo, deve lembrar-se que para curvar em segurança deverá adaptar a velocidade e a inclinação do veículo ao estado do piso e ao raio da curva!  Quanto maior for a velocidade e mais apertada for a curva mais deve inclinar o veículo.  Mas quanto mais inclinado o veículo estiver, mais riscos corre de derrapar.  Outro aspecto que não pode esquecer é que não se deve travar numa curva: Deve-se travar antes, mantendo a velocidade durante a curva com o acelerador. Quando a aderência é baixa (em situações de curva, areia, lama, etc), o risco de derrapar aumenta, havendo assim necessidade de, antes de iniciar a curva, adequar a velocidade à manobra que se vai iniciar.

andardemoto.pt @ 8-10-2012 17:52:55