Como se manter fresco a andar de moto no verão

Os dias de verão são quase perfeitos para desfrutar da nossa moto. Mas por vezes o calor excessivo torna-se um problema. Deixamos aqui algumas dicas que o vão ajudar a manter-se fresco enquanto anda de moto no verão.

andardemoto.pt @ 9-6-2020 09:00:00

A chuva e frio parecem já ter terminado e o verão veio para ficar. Esta é a altura quase perfeita para tirar a moto da garagem e percorrer as fantásticas estradas portuguesas, recheadas de boas curvas. Mas com o verão vem também o calor!

Nem todos os motociclistas têm os dotes de pilotagem de Robbie Maddison, que, como pode ver na foto de abertura deste artigo, consegue conduzir a sua moto em cima da água, e por isso não sofre de calor. Para os comuns motociclistas, conduzir a moto em cima do asfalto num dia de verão pode ser um problema.

Já todos nós ouvimos um amigo, que não anda de moto, dizer que esta é a altura perfeita para andar de moto. Mas mal sabem esses amigos que andar de moto com calor, para além de desconfortável, pode tornar-se inseguro.

Para além da desidratação, nos dias de calor intenso notamos um aumento da temperatura corporal para níveis excessivos, e como consequência ficamos menos alerta para situações de perigo na estrada, que podem resultar nas indesejáveis quedas.

Tonturas, fraqueza generalizada, náuseas, fadiga muscular são apenas alguns dos sinais a que deve estar atento.

É por isso necessário ter em atenção alguns detalhes para evitar problemas quando anda de moto no verão. E por isso deixamos aqui algumas dicas para se manter fresco nos dias de calor.

#1 – Equipamento apropriado para dias de calor

Andar de moto é uma atividade que obriga, esperamos nós, que os motociclistas utilizem os equipamentos de proteção específicos para motociclismo.

Nestes dias de calor é uma imagem comum na estrada: um motociclista com capacete, mas vestido com uma t-shirt, sem luvas, de calções, e muitas vezes calçado com uns chinelos. A desculpa para isto? “Está calor e não aguento!”.

Se antigamente podíamos dizer que não havia muita escolha, e se calhar o blusão ou as luvas de inverno eram também usadas no verão, hoje em dia já não existe necessidade de sofrer com o calor.

Todos os fabricantes têm equipamentos extremamente ventilados (com materiais perfurados ou aberturas), e que garantem total proteção. Por exemplo luvas de verão, mais finas, ou blusões em rede mas que têm as obrigatórias proteções rígidas. Até o calçado para motociclistas pode ser especialmente ventilado para usar no verão.


#2 – Hidratação

Mesmo nas voltas do quotidiano mais curtas, manter-se hidratado é importante. Nas viagens maiores a hidratação do corpo é indispensável! Enquanto anda de moto pode hidratar-se de diversas formas.

Pode parar várias vezes no caminho, onde não apenas descansa o físico, mas também aproveita para beber água. Leve consigo uma garrafa de água, ou então compre, por exemplo, num posto de abastecimento. Pode também usar as bolsas de hidratação. Hoje em dia não é díficil – nem dispendioso! – comprar bolsas de hidratação que podem ser usadas tipo mochila ou transportadas numa mochila. Esta opção permite hidratar-se sem ter de parar.

Se parar no caminho para descansar e hidratar, use o tempo de repouso para ingerir alguns alimentos. Nos dias de maior calor o melhor serão alimentos salgados, que vão ajudar a manter os eletrólitos equilibrados.

Mesmo que a sua moto não necessite de parar para reabastecer, não se esqueça de parar com regularidade para beber líquidos (água de preferência) e ingerir alguns alimentos.

#3 – Molhe a t-shirt ou use um colete de arrefecimento

Esta é uma daquelas técnicas que os mais experientes transmitem aos mais novos. E de facto funciona!

Se parar num posto de abastecimento, aproveite para molhar a sua t-shirt (normal ou roupa técnica) que usa por debaixo do blusão. Depois só tem torcer um pouco a t-shirt para remover o excesso de água e já a pode vestir novamente.

Quando voltar à estrada, vai perceber que o vento da moto em andamento vai criar um efeito refrescante quando passa pela água que está na t-shirt. Se estiver a conduzir moto num dia de calor extremo, a t-shirt não vai demorar muito a secar. Quando isso acontecer e voltar a sentir calor, só tem de repetir o processo.

Se esta opção “low cost” de molhar a t-shirt não o convencer, então fique a saber que alguns dos maiores fabricantes de equipamentos para motociclistas disponibilizam coletes de arrefecimento. Estes coletes contam com materiais que absorvem a água, e depois funcionam pelo princípio do arrefecimento por evaporação. Apenas tem de molhar o colete, torcer um pouco para não ficar a pingar, vestir o colete, e seguir viagem.

Alguns destes coletes aguentam a água por muito tempo. O efeito refrescante pode durar até seis horas!


#4 – Conduza de manhã ou ao entardecer

Se quer escapar ao calor extremo dos dias de verão, o melhor a fazer é conduzir quando está menos calor. E não estamos a falar em conduzir à noite!

Se sabe à partida que o seu destino fica a uma determinada distância e que vai demorar X horas a lá chegar, pode planear a sua viagem para começar de manhã, pela fresca, e parar algures à hora de almoço. Depois pode recomeçar a viagem quando o sol começa a perder a sua força, e ao entardecer, para além de desfrutar de uma luz fantástica, não estará tanto calor.

#5 – Dê preferência às estradas secundárias

Para além de planificar a sua viagem para evitar conduzir nas horas de maior calor, se tiver mesmo de seguir viagem nessas alturas do dia, faça-o pelas estradas secundárias e evite as autoestradas que mais parecem um “forno”.

Ao contrário das autoestradas, as estradas secundárias são bastante protegidas por ávores. As árvores, para além da sombra que projetam na estrada, conseguem absorver o calor. A temperatura neste tipo de estradas pode ser 10 graus abaixo da verificada numa autoestrada.

Para além disso, conduzir a sua moto numa estrada secundária – e em Portugal existem estradas secundárias fantásticas! – é muito mais gratificante do que passar horas a conduzir a direito numa autoestrada.

andardemoto.pt @ 9-6-2020 09:00:00


Clique aqui para ver mais sobre: Moto-Dica