Honda CBR500R 2013

A CBR500R é um modelo bicilíndrico desportivo de média cilindrada que oferece entusiasmo, funcionalidade e baixos custos de manutenção. Apresentado como sendo rápida, sóbria, acessível e divertida, este modelo é uma boa opção para quem queira entrar no mundo das motos desportivas ou seja detentor de uma carta A2.

andardemoto.pt @ 23-11-2012 16:36:57

Olhando um pouco pela história da Honda sobre motociclismo, em 1957 foi lançado o modelo Dream C70 de 247 cm³, que montava o primeiro motor bicilíndrico paralelo da marca. Durante os anos 60, a bicilíndrica CB450 de cabeça DOHC superava regularmente as suas rivais de maior cilindrada, e esta nova CBR500R acrescenta-lhes um toque extra de inspiração desportiva, provando que, por vezes, o "menos" pode certamente significar " mais".

O quadro da CBR500R, um design tipo diamante em tubos de aço de 35 mm é, ao mesmo tempo, leve e forte, e oferece ao condutor um feedback de precisão das alterações na superfície da estrada. O formato e a posição dos apoios do motor, bem como o equilíbrio da rigidez do quadro, foram balanceados de forma a reduzir a vibração.

A distância entre eixos é de 1.410 mm e a inclinação da coluna da direcção e o avanço (trail) são 25,5°/102 mm respectivamente, assegurando uma direcção ágil, mas tranquilizadora. A centralização das massas, com o motor muito próximo do ponto de pivot do braço oscilante, garante excelente capacidade de curvar e óptima distribuição do peso entre a dianteira e a traseira garantindo uma estabilidade fantástica. O peso em ordem de marcha do modelo é de 194 kg. A altura do banco é de apenas 790 mm, tornando a CBR500R muito fácil de manobrar e condução acomoda confortavelmente condutores de diferentes alturas, graças à posição relativamente elevada do guiador.

As dimensões gerais são (C) 2.075 mm x (L) 740 mm x (A) 1.145 mm, com 140 mm de altura ao solo. O depósito do combustível tem capacidade para 15 litros, com uma reserva incluída, o que resultará numa autonomia superior a 420km.

A forquilha telescópica de 41 mm, com curso de 120 mm, oferece uma condução confortável e controlada. A suspensão traseira mono-amortecedor Pro-Link possui melhores níveis de amortecimento e inclui 9 níveis de afinação da pré-carga do amortecedor traseiro.

As jantes de 17 polegadas em alumínio e peso reduzido empregam uma construção de secção oca e raios de formato em Y. A roda dianteira tem 3,5 polegadas de largura e atrás, a largura é de 4,5 polegadas. O ABS vem equipado de origem.

O compreensivo painel de instrumentos apresenta um velocímetro digital, conta-rotações também digital por gráfico de barras, conta-quilómetros, duplo conta-quilómetros parcial, um relógio, para além de indicador digital do nível do combustível e dos consumos A ignição está protegida pelo sistema HISS (Honda Ignition Security System - Sistema de Segurança na Ignição Honda) e os faróis do tipo multi-reflector possuem duas lâmpadas H7 de halogénio com 55 W de potência.

A CBR500R vai estar disponível em três esquemas cromáticos:

- Branco

- Preto

-  Cinzento

A CBR500R possui um motor da próxima geração, olhando para o futuro, não só em termos de performances, como ambientais. O motor bicilíndrico paralelo DOHC, de 8 válvulas e refrigeração por líquido foi o eleito graças ao seu baixo peso, capacidade abrangente e utilização flexível.

O sistema PGM-FI de injecção de combustível oferece um bom feedback à aceleração e a potência de ponta de 48cv (35 kW) chega às 8.500 rpm, com os 43,1 Nm de binário a ocorrerem às 7.000 rpm.

A proporção "triangular" da cambota, veio primário e contraveio é muito semelhante à dos motores tetracilíndricos das motos RR da Honda, o que torna esta unidade muito compacta.

A cabeça do motor inclui um sistema de injecção de ar secundário e o sensor de O2. O catalisador no interior do escape 2-1 assegura emissões baixas emissões de escape.

andardemoto.pt @ 23-11-2012 16:36:57