Kawasaki Ninja ZX-25R – Uma desportiva pequena... mas picante!

A casa de Akashi estará a trabalhar numa pequena desportiva que espera reativar o interesse nas icónicas desportivas 250 cc dos anos 90. A Ninja ZX-25R terá um inovador motor tetracilíndrico em linha capaz de subir até às 20.000 rpm e com potência bem interessante.

andardemoto.pt @ 24-6-2019 14:16:55

O espírito dos anos 90 poderá estar de regresso muito em breve visto que a Kawasaki, de acordo com a revista japonesa Young Machine, está a ultimar os detalhes da sua nova pequena desportiva Ninja ZX-25R. A publicação japonesa está de tal forma confiante que esta novidade da casa de Akashi chega ao mercado em 2020, que fizeram um especial de várias páginas com informações sobre esta pequena Ninja “dois e meio”.

A Kawasaki tem na sua gama atual diversas versões Ninja. A linha de desportivas da casa de Akashi oferece uma versão para quase todos os tipos de motociclistas, mas para os que procuram uma versão de baixa cilindrada com prestações agressivas, não existe atualmente nada que satisfaça essa procura.

No sentido de responder a este “problema”, a Kawasaki procura agora recuperar o espírito das pequenas desportivas que fizeram sonhar muitos de nós nos ano 90. A Ninja ZX-25R é a resposta e a Young Machine refere que já em outubro próximo, no Salão de Tóquio, poderemos mesmo ter o protótipo desta moto revelado ao público.


E o que terá de especial a nova Ninja ZX-25R?

Tendo em conta que atualmente as normas de homologação são extremamente restritivas em termos de emissões (poluentes e ruído), a Kawasaki terá conseguido encontrar forma de criar um motor tetracilíndrico em linha de 250 cc que terá um teto máximo de rotações nas 20.000 rpm!

A publicação japonesa indica que a potência poderá atingir um pico de 60 cv (!), um valor bem acima de outras desportivas de baixa ou média cilindrada, com os fabricantes a procurarem manter a potência dessas motos abaixo do limite de 47 cv fixado para a carta A2. Com uma potência tão grande numa moto tão pequena, a Kawasaki irá também desenvolver um novo quadro de geometria mais agressiva, bem longe do que atualmente podemos encontrar neste segmento e muito mais focada nas prestações desportivas.

Alguns meios de comunicação revelam que o motor poderá receber a ajuda de sobrealimentação, provavelmente um turbo, para atingir esta performance, mas a Young Machine garante que a Kawasaki desenvolveu este motor a partir de uma folha em branco e que foram mesmo capazes de cumprir com as regras de homologação mantendo o motor atmosférico.

As primeiras imagens criadas por computador desta nova Ninja ZX-25R, mostram uma desportiva quase igual à maior e mais potente Ninja ZX-10R. Óticas, carenagens, e até mesmo a entrada central de ar para maximizar o efeito “ram-air” que será particularmente notório acima das 14.000 rpm.

Há no entanto um detalhe curioso e que nos transporta precisamente para os anos 90: o tubos que ligam a carenagem frontal ao depósito de combustível.

No caso das desportivas que marcaram os anos 90 estes tubos tinham uma funcionalidade que era refrigeração. No caso da nova Ninja ZX-25R a Kawasaki não está a utilizar os tubos com uma função específica, sendo apenas um detalhe estético, uma homenagem às motos que inspiraram a Kawasaki a desenvolver esta pequena desportiva 250 cc bem “espigada”.

andardemoto.pt @ 24-6-2019 14:16:55