Triumph Speed Triple cresce para os 1160 cc em 2020

Depois da Tiger 900 a Triumph estará também a trabalhar numa nova geração da mítica Speed Triple. Mais potência proveniente do novo motor tricilíndrico de 1160 cc, mais eletrónica, e menos peso... para além de uma surpresa que será bem-vinda!

andardemoto.pt @ 14-8-2019 15:04:29

Ainda há pouco tempo, em entrevista ao responsável de marketing e comunicação da Triumph Portugal, Vitor Sousa, ficámos a saber que a marca britânica irá lançar-se em novos segmentos, embora sem conseguirmos detalhes de que novos segmentos estejam nos planos da Triumph. Mas há um segmento que não é novo para a Triumph, e onde a casa de Hinckley sempre se mostrou bastante ativa: a streetfighters.

A mítica Speed Triple foi a moto que deu força a este segmento, e ao longo dos anos a Triumph tem conseguido saber renovar a sua streetfighter mais potente da gama. Mas os fabricantes rivais têm sabido como atacar a Speed Triple, e nos últimos anos temos vistos a Aprilia Tuono V4, a KTM 1290 Super Duke R, entre outras, a conseguirem colocar na estrada verdadeiros “foguetões” em duas rodas.

Pois bem, para 2020 a Triumph não parece disposta a ficar como mera espectadora enquanto as rivais continuam a dominar o mercado das agora chamadas “powernaked”.


A Speed Triple vai, por isso, sofrer uma grande renovação para o próximo ano, e de acordo com o website britânico Bennets, a renovação vai implicar uma moto totalmente nova!

O motor, que foi recentemente alvo de melhorias em 105 componentes, vai ser novamente alvo de grandes modificações. De acordo com o mesmo website, a Triumph decidiu aumentar a cilindrada da Speed Triple dos 1050 cc para os 1160 cc. Esse aumento advém de pistões com mais 4 mm de diâmetro, mantendo o curso atual.

Com isso o motor tricilíndrico vai disponibilizar, claro, mais potência e binário, para além de ficar homolgado para as normas Euro5. A potência nunca foi grande problema para a Speed Triple, mas com esta atualização, que deverá elevar as cifras de potência para cima dos 165 cv, a naked britânica poderá assim fazer frente às extremamente potentes rivais do segmento. O binário, sempre um fator interessante de explorar neste motor tricilíndrico, deverá também aumentar e será provavelmente o grande destaque da nova Speed Triple 1160 para 2020.

Para acomodar este novo motor, a Triumph trabalhou também o quadro. Mesmo mantendo a sua ocnfiguração de dupla trave, toda a estrutura foi trabalhada para ficar mais leve, otimizando também a rigidez torsional para suportar a maior performance do motor. A acompanhar o quadro teremos também o habitual monobraço oscilante, com este componente a ser também aligeirado para 2020.


A tecnologia também fará parte, uma grande parte até, desta nova Speed Triple 1160.

Para além dos modos de motor que permitem ao condutor adaptar os níveis e entrega de potência, não será complicado para a Triumph instalar um sofisticado e mais atual IMU, unidade de medição de inércia, permitindo assim que a nova Speed Triple 1160 consiga oferecer ao condutor ainda mais ajudas eletrónicas do que até agora.

De referir ainda que o website Bennets afirma que a Speed Triple 1160 vai estar disponível em três versões, tal como acontece com a atual gama da Speed, desde a menos equipada até à mais exótica RS com escapes Arrow ou suspensões Öhlins, e que existe a forte possibilidade da Triumph fazer regressar a este modelo os icónico faróis redondos!

Esta nova Triumph Speed Triple 1160 para 2020 será mais uma das motos em destaque no Salão de Milão EICMA.

andardemoto.pt @ 14-8-2019 15:04:29