Ilha de Faro recebeu o final do 5º Portugal de Lés-a-Lés Off Road

A maior aventura TT em território nacional terminou em clima de grande festa na Ilha de Faro. O 5º Portugal de Lés-a-Lés Off Road começou em Vila Pouca de Aguiar e ao longo de mais de 1000 km deu a conhecer Portugal aos participantes através de caminhos fora de estrada.

andardemoto.pt @ 7-10-2019 14:28:23

O presidente da Comissão de Mototurismo da Federação de Motociclismo de Portugal, António Manuel Francisco, já tinha avisado que a edição 2019 do Portugal de Lés-a-Lés Off Road seria bastante mais complicada e técnica do que as anteriores. E a verdade é que o prometido foi cumprido, e esta 5ª edição trouxe consigo novos desafios para os mais de 300 participantes.

Com início em Vila Pouca de Aguiar e passagens por Pampilhosa da Serra e Coruche, antes da chegada ao palanque final na Ilha de Faro, este Lés-a-Lés Off Road foi considerado pelos mais experientes nestas andanças como “o mais exigente”.

Às dificuldades normais dos caminhos de terra, nomeadamente a pouca aderência exponenciada pelos pisos muito secos devido à falta de chuva, o que trás consigo muito pó dificultando a condução e navegação, juntou-se o nevoeiro durante a manhã da última etapa, e até à chegada a Viana do Alentejo foram muitos os motociclistas aventureiros que acabaram por sofrer quedas devido ao nevoeiro e às armadilhas nos troços de areia mais mole.


Nada de grave e que não foi suficiente para retirar os sorrisos das caras dos participantes que chegaram ao fim desta aventura com mais de 1000 km, e que encontraram na Ilha de Faro o descanso merecido depois de tantos dias aos comandos das suas motos.

O calor fez-se sentir nos caminhos por dentro da Serra Algarvia, e os cerca de 30º de temperatura ambiente fizeram o favor de esgotar as últimas energias do pelotão do Lés-a-Lés Off Road.

Para o ano há mais, e muitos já começam a fazer as contas para efetivar a inscrição na edição 2020, que promete ser ainda mais dura e exigente.

andardemoto.pt @ 7-10-2019 14:28:23