Voge ER10 eléctrica

Uma moto equivalente a 250cc pensada sobretudo para as deslocações em cidade.

andardemoto.pt @ 19-11-2019 17:52:00

Como recentemente lhe havíamos dado conta, a Voge é a a marca “premium” do gigante chinês Loncin (clique para saber mais), que recentemente chegou a Portugal, tendo também recentemente celebrado uma parceria com a italiana MV Agusta para desenvolver motos de 350 cc e 500 cc.

Até há bem pouco tempo a marca de Chongqing não tinha na sua gama ou intenções qualquer moto eléctrica, baseando a sua produção exclusivamente com recurso a motores de combustão interna.

No entanto, na EICMA 2019, a Voge surpreendeu com a apresentação da nova ER10, uma moto equipada com uma unidade motriz de corrente contínua, refrigerada por líquido. Na ficha técnica pode ler-se que debita 14 kW (18,7cv), e um binário de 42 Nm.

Com esse motor a ER10 pode atingir uma velocidade máxima de 100 km/h e, considerando uma carga de 75 quilos, consegue vencer inclinações até 25%.

A bateria é composta por células da Panasonic e tem uma capacidade de 4,2 kWh, com uma arquitectura de 60 V e 70 Ah. Não está claro se é removível, mas tem um peso declarado de 29 kg. O tempo de carga, a 20A, é de 4 horas. A autonomia anunciada é de 120 quilómetros a uma velocidade constante de 30 km/h.

A ER 10 conta com um quadro de alumínio forjado, tal como o braço oscilantes, forquilha de suspensão dianteira invertida, amortecedor central traseiro ajustável com multi-link, jantes de alumínio de 17 polegadas, iluminação integral em LED e travagem com ABS. E ainda disponibiliza sistema "sem chave" (keyless) e tomada USB.


Declara um peso extraordinariamente contido de 115kg, e uma capacidade de carga de 150kg. O assento está a 800mm do chão, e a distância entre eixos é de 1390mm.

O Andar de Moto teve oportunidade de a ver de perto e ao vivo em Milão, e a impressão que esta moto nos causou foi a de uma qualidade de construção muito boa, com materiais de qualidade e acabamentos muito completos.

Apesar de a Voge já ter anunciado oficialmente a sua presença em Portugal, não temos ainda confirmação da sua disponibilidade nem preço, mas segundo a marca, as primeiras unidades já estão em produção e começam em breve a sair da fábrica.

O preço anunciado em Milão era de 33.800 RMB, equivalente a 4.750 dólares. 


andardemoto.pt @ 19-11-2019 17:52:00


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews