Kawasaki anuncia que vai usar o Bosch ARAS

Os futuros modelos da marca de Akashi vão dar uso ao Advanced Rider Assistance System (ARAS) desenvolvido pela Bosch.

andardemoto.pt @ 26-11-2019 16:14:03

As tecnologias de ajuda à condução em moto estão em constante desenvolvimento, e de ano para ano, por vezes até em menos tempo, os grandes fabricantes anunciam a chegada de algo novo para tornar os seus modelos ainda mais seguros e apelativos.

Ainda agora vimos as novidades de 2020 serem apresentadas no Salão de Milão EICMA – clique aqui -, e já a Kawasaki está a anunciar a chegada de novas tecnologias para as suas motos. A marca sedeada em Akashi está interessada em melhorar a nossa segurança, e isso obriga a adotar novas estratégias do ponto de vista tecnológico.

Por isso a Kawasaki aliou-se à Bosch. Esta união permitirá à marca japonesa aplicar aos seus futuros modelos o Bosch Advanced Rider Assistance System (ARAS).

O sistema do ARAS inclui três elementos: controlo da velocidade cruzeiro de ajuste automático (ACC), aviso de colisão frontal, e ainda aviso de ângulo morto.


O ACC permite que o condutor da moto ligue o controlo da velocidade de cruzeiro, o que habitualmente acontece em percursos como autoestradas e elimina a necessidade do condutor controlar o acelerador, e depois ajusta automaticamente a velocidade da moto conforme o trânsito imediatamente à sua frente.

O sistema de aviso de colisão frontal funciona a partir do momento em que o condutor da moto nao reage a situações de possível colisão com algo à sua frente. No caso do sistema desenvolvido pela Bosch, quando o radar deteta uma possível colisão, o condutor é avisado através de uma mensagem no painel de instrumentos e outro aviso acústico com o objetivo de fazer o condutor reagir para evitar a colisão.

O Bosch ARAS inclui ainda o sistema de deteção de ângulo morto. Um sistema já muito utilizado nos automóveis, e algumas motos também, o condutor é avisado através de um sinal luminoso nos espelhos retrovisores de que há algo que se encontra no chamado ângulo morto.


Todas estas tecnologias foram inicialmente desenvolvidas pela Bosch para uma utilização no mundo automóvel, mas ao longo dos últimos anos a Bosch conseguiu evoluir a sua aplicação para também poder ser usado em motos.

Yuji Horiuchi, presidente da divisão de motociclos e motores da Kawasaki, não esconde a sua satisfação pelo acordo com a Bosch: “Temos o enorme prazer de anunciar que num prazo muito curto as nossas motos estarão equipadas com o sistema ARAS da Bosch, que oferecem maior comodidade e segurança para os nossos clientes. Com a utilização destes sistemas temos a certeza de que a Kawasaki poderá oferecer maior segurança e diversão aos clientes”.

A Bosch revela que realizou um estudo interno em que comprovou que um em cada sete acidentes de moto pode ser evitado pelos seus sistemas eletrónicos, que reagem significativamente mais rápido às situações de perigo em comparação com os condutores.

andardemoto.pt @ 26-11-2019 16:14:03


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews