Faleceu Riccardo Pierobon, o mestre dos quadros especiais

Fundador da Pierobon, Riccardo ajudou a desenhar e criar verdadeiras obras de arte, mas foi no desenvolvimento de quadros de moto que mostrou a sua mestria que o tornou tão especial. Faleceu aos 85 anos de idade.

andardemoto.pt @ 8-4-2020 10:56:55

O mundo do motociclismo despediu-se no domingo 5 de abril de um dos grandes mestres no fabrico de quadros de moto. Riccardo Pierobon, nascido a 15 de julho de 1934, ficou conhecido por ajudar a desenhar muitas obras de arte em duas rodas, mas foi no fabrico de quadros para uso em competição que mais se destacou.

Aos 85 anos de idade Riccardo Pierobon ainda trabalhava diariamente na sua empresa, a Pierobon, nascida em 1952 e depois de Riccardo ter dado os primeiros passos no setor ao trabalhar na Verlicchi.

Marco Barnabó, diretor de equipa da Barni Racing do Mundial Superbike, e em reação à notícia da morte deste mestre dos quadros especiais, dá conta de que mesmo com esta idade tão avançada Riccardo não deixava de estar presente na Pierobon para ajudar na criação de diversos componentes:

“O mundo do motociclismo perde um homem disponível, alegre, humilde, um trabalhador incansável. Na última visita que lhe fizemos, encontrámos o Riccardo na oficina há algumas semanas, no seu posto, no seu banco de trabalho”.


Ao longo da sua longa carreira, Riccardo Pierobon ajudou a desenvolver quadros para uso em competição, mas também para motos de estrada. Colaborou com diversas equipas do Mundial Superbike mas também do Mundial de Velocidade, ajudando pilotos como Ben Bostrom e Troy Bayliss.

Ajudou também na criação de motos que dominaram nas pistas, como foram os casos da Ducati 998 e da posterior 999.

Desde 1987, o seu filho Massimo também entrou na Pierobon para ajudar o seu pai no fabrico dos quadros especiais, fabricados à mão. Simultâneamente a Pierobon também se dedicou ao fabrico de componentes exóticos para diversas motos.


Mas a empresa familiar liderada por Riccardo Pierobon especializou-se em trabalhar com motores Ducati, aproveitando assim as unidades motriz da casa de Borgo Panigale para depois as montar em quadros verdadeiramente únicos, quer na sua geometria, mas também na qualidade de construção.

Nos últimos anos a Pierobon também se especializou na criação de motos completas. Riccardo Pierobon e o seu filho Massimo aceitavam pedidos de clientes especiais, e depois desenhavam e fabricavam essas motos únicas e que agora se tornam ainda mais especiais.

andardemoto.pt @ 8-4-2020 10:56:55

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews