Bimota KB4 apanhada em testes na estrada

A desportiva retro que será o segundo modelo nascido da ligação com a Kawasaki já está a testar em estradas públicas. A nova Bimota KB4 entra na derradeira fase de desenvolvimento antes de começar a produção.

andardemoto.pt @ 26-5-2020 18:08:00

Depois da exótica Tesi H2 que utiliza o motor sobrealimentado da Ninja H2, a Bimota já está bastante avançada no desenvolvimento do segundo modelo nascido da ligação entre a marca italiana e os japoneses da Kawasaki.

Inspirada na histórica KB1 de 1977, a nova Bimota KB4 apenas se deu a conhecer através de imagens criadas por computador.

Mas a versão de produção começa a ganhar uma forma real, pois será no próximo Salão de Milão EICMA que a KB4 será oficialmente revelada ao público. Nesse sentido, a Bimota iniciou agora uma nova fase de desenvolvimento: testes em estradas públicas.

Leia também – Bimota KB4: Uma desportiva retro com mecânica moderna




As imagens que pode ver neste artigo foram captadas num momento em que o protótipo de desenvolvimento parou para abastecer o depósito de combustível. Apesar da Bimota continuar sem indicar novidades técnicas, sabemos já que o motor que equipa a KB4 será o quatro cilindros em linha que a Kawasaki utiliza na Z1000SX.

Isso significa que a desportiva retro italiana deverá ter uma potência de 143 cv e 111 Nm de binário. Isto se o motor não sofrer melhoramentos. Por exemplo, ao nível do sistema de escape, o protótipo revela um escape muito semelhante, para não dizer igual, ao da Z1000SX.

No entanto a Bimota é mais conhecida pela forma como desenvolve a ciclística das suas motos. E no caso da KB4 estamos perante um conjunto de elementos que garantem um comportamento de topo.

O quadro tubular será uma estrutura tipo treliça. A isso juntam-se suspensões Öhlins, com algumas informações não confirmadas a deixarem no ar a possibilidade de serem suspensões eletrónicas, e travagem a cargo da Brembo, com pinças dianteiras Stylema de quatro pistões.




Não sabemos ainda qual será a abordagem da Bimota em relação às opções eletrónicas.

Sendo que a Kawasaki já tem um “pack” eletrónico comprovado e evoluído, com diversos modos de motor, ABS com função “cornering”, controlo de tração, entre outras ajudas à condução, não será de estranhar que a Bimota opte por replicar este conjunto eletrónico na nova KB4.

Com uma carenagem frontal a fazer recordar as desportivas dos anos 70, a Bimota não esconde que o cariz desta KB4 é mesmo de pura desportiva. Poisa pés elevados e posicionados mais atrás, enquanto os avanços fixos abaixo da mesa de direção deixarão o condutor bastante deitado sobre o depósito, assumindo uma postura mais agressiva.

andardemoto.pt @ 26-5-2020 18:08:00


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews