PSP e GNR reforçam fiscalização a motos

Até 13 de julho tanto a PSP como a GNR prometem especial atenção aos veículos de duas rodas. O objetivo desta ação de fiscalização é ajudar no combate à sinistralidade das motos.

andardemoto.pt @ 8-7-2020 09:17:15

As motos já são, por norma, sujeitas a uma fiscalização e controlo mais apertado por parte das autoridades. Mas desde dia 7 de julho e até ao próximo dia 13 de julho, tanto a PSP como a GNR prometem apertar a “malha”.

Através de um comunicado, a PSP adianta que a operação “2 ou 4 rodas, há espaço para todos”, será uma operação de âmbito nacional. Neste caso a PSP não só estará atenta às motos, mas também promete estar especialmente atenta aos condutores de outros veículos, que devido aos seus comportamentos possam colocar em risco os motociclistas.

Durante o período desta operação, a PSP avisa que fará fiscalização “à condução perigosa no contexto de corridas, exibições de habilidades e acrobacias com veículos na via pública, a correta utilização do capacete de proteção, o cumprimento da sinalização semafórica, a correção dos procedimentos prévios à realização da manobra de ultrapassagem e a correta mudança da via de trânsito e adequada sinalização de manobras”.



Para além disto, a operação da PSP vai também incidir sobre o cumprimento dos limites de velocidade e das regras de prioridade, e a deteção de situações de condução sob o efeito do álcool.

A PSP destaca também que a sinistralidade com motos representa, entre 01 de janeiro e 15 de junho, 35% da sinistralidade com vítimas (1.617 ocorrências), de que resultaram oito mortos e 1.745 feridos, dos quais 76 em estado grave.

Por seu lado, a Guarda Nacional Republicana, nos mesmos dias, estará a realizar a operação “Moto” 2020.

No sentido de ajudar a combater a sinistralidade, e inverter os números de sinistralidade com veículos de duas rodas verificados após o período de emergência, em que 30% das vítimas mortais envolveram motos, a GNR intensificará até 13 de julho a sua fiscalização.

Serão realizadas ações de sensibilização e e controlo nas vias de maior tráfego.

De acordo com dados da GNR, em 2018 e 2019, 1.123 pessoas morreram ou ficaram gravemente feridas em acidentes com motos.

andardemoto.pt @ 8-7-2020 09:17:15


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews