Ducati abandona quadro tubular na Monster

Fotos espia mostram uma nova Monster de média cilindrada sem o icónico quadro tubular. A Ducati abandona a estrutura tipo treliça. O motor bicilíndrico passa também a ser o 937 cc, mais potente.

andardemoto.pt @ 7-7-2020 12:01:01

Agora que a Ducati colocou a Streetfighter V4 na estrada – clique aqui para ler o nosso teste à Streetfighter V4S -, a marca italiana começa a pensar na atualização de outros modelos da gama naked.

A icónica Monster é a “cliente” que se segue nas atualizações. Nomeadamente a versão de média cilindrada, atualmente conhecida como Monster 821.

Tendo em conta as fotos espia divulgadas pelo website RideApart, a Monster 821 vai sofrer importantes alterações. Tanto ao nível da ciclística, como também no motor.

A grande novidade é o abandono do tradicional quadro tubular, uma estrutura tipo treliça. Pelas fotos já disponíveis podemos confirmar que a Monster de média cilindrada dará uso a um quadro menos exótico, um dupla trave em alumínio.

Com características de rigidez estrutural diferentes de um quadro tubular em treliça, este formato dupla trave é uma fórmula mais convencional, mais utilizada por outros fabricantes.



A acompanhar o novo quadro, a Monster recebe também o motor Testastretta 11º que atualmente é utilizado na Multistrada 950 ou na Hypermotard. Com 937 cc, esta versão do motor bicilíndrico vê a cilindrada aumentar em relação à Monster 821 fruto da utilização de pistões de maior diâmetro (94 mm vs 88 mm).

Como resultado desse aumento de cilindrada, a potência aumentará ligeiramente. Assim, a Monster 950 chegará aos 113 cv e pouco mais de 96 Nm de binário máximo.

Será interessante perceber como vão reagir os Ducatistas mais puristas. O tradicional quadro em treliça é uma “marca registada” da Monster. A passagem para um dupla trave mais convencional poderá não agradar a todos.

Convém também ter em conta que esta mudança, aparentemente, será exclusiva da Monster de média cilindrada. Resta saber se a mais potente Monster 1200 também terá direito a mudanças tão profundas.

andardemoto.pt @ 7-7-2020 12:01:01


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews