Mercado das duas rodas positivo em setembro

Em Portugal registou-se um aumento de 2,3% em setembro. Apesar do sinal positivo, o mercado das duas rodas nacional mantém-se em terreno negativo no acumulado de 2020.

andardemoto.pt @ 5-10-2020 18:43:41

A Associação Automóvel de Portugal divulgou neste início de outubro os números de novas matriculações no nosso país, relativas ao mês de setembro de 2020. Os pequenos sinais positivos do mercado das duas rodas nacional são bons, mas a tendência geral ainda é negativa.

Neste mês de setembro, e de acordo com os números divulgados pela ACAP, registaram-se em Portugal um total de 3.543 motos (inclui todos os segmentos e cilindradas). Deste ponto de vista e tendo em conta o período homólogo de 2019, o mercado cresce 2,3%, o que não deixa de ser um bom indicador tendo em conta as dificuldades económicas pelas quais passamos em resultado da pandemia global.

Porém, o crescimento em setembro acaba por “desaparecer” perante a realidades dos factos. No período acumulado de janeiro a setembro de 2020, o mercado das duas rodas em Portugal registou um total de 26.256 novas matrículas. Significa que em comparação com igual período de 2019, o mercado nacional sofre uma queda de 6,1%.

Ainda assim destacamos as matriculações de motociclos acima dos 125 cc. Habitualmente são os motociclos abaixo desta cilindrada que “puxam” pelo cresimento do mercado nacional, mas desta feita são as motos de maior cilindrada que conseguem surpreender e apresentar um crescimento superior a 6%!



Mas olhemos para os números do mercado das duas rodas em Portugal por segmento

1. Ciclomotores


O mercado de ciclomotores novos matriculados pelos representantes oficiais das marcas totalizou 220 unidades em setembro de 2020, tendo apresentado uma variação negativa de 1,8% face ao mês homólogo de 2019.

Em termos acumulados, nos nove meses do ano, foram matriculados 1.458 ciclomotores, o que se traduziu num decréscimo de 12,5% relativamente a igual período do ano anterior.

2. Motociclos

No mês de setembro de 2020 foram matriculados em Portugal 3.205 motociclos, o que representou um aumento de 1,7% face a igual mês de 2019.

Em termos acumulados, de janeiro a setembro de 2020, o número de unidades matriculadas decresceu 5,3% face ao período homólogo do ano anterior, tendo sido colocados em circulação 24.046 novos motociclos.

Os motociclos de cilindrada até 125 cc registaram, em Setembro de 2020, um total de 1.753 unidades matriculadas em Portugal, o que representou uma queda de 1,8% face ao mês homólogo de 2019.



Quanto ao número acumulado de motociclos até 125 cc matriculados nos três trimestres de 2020, este situou-se em 13.152 unidades, o que representou uma diminuição de 1,9% face a igual período do ano anterior.

Os motociclos de cilindrada superior a 125 cc colocados em circulação pela primeira vez em Portugal registaram, no mês de setembro de 2020, um total de 1.452 unidades, o que representou um acréscimo de 6,5% face ao mês homólogo de 2019.

Em termos acumulados, de janeiro a setembro de 2020, as matrículas deste tipo de veículos totalizaram 10.894 unidades, o que se traduziu numa queda de 9,1% em relação ao período homólogo de 2019.

3. Quadriciclos

O mercado de quadriciclos, em setembro de 2020, não regista qualquer tipo de variação em comparação com o mês homologo do ano anterior. Assim, em setembro de 2020, foram colocados em circulação, pelos representantes oficiais de marca, 74 quadriciclos novos.

De janeiro a setembro de 2020 as matrículas de quadriciclos registaram uma queda de 23,4% em relação ao período homólogo do ano passado, tendo sido matriculados 587 quadriciclos.

andardemoto.pt @ 5-10-2020 18:43:41


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews