Honda SH350i – Novo estilo e mais potência

Novo ano, nova vida. A Honda decide renovar a versão de maior cilindrada da popular scooter SH. A nova Honda SH350i apresenta-se ao serviço com novo estilo e mais potência. Fique a conhecer as suas características.

andardemoto.pt @ 27-11-2020 11:20:14

Fazendo parte da família de scooters de roda alta que já rendeu à Honda mais de uma milhão de unidades vendidas na Europa, a SH350i é a mais recente geração da famosa SH na sua variante de maior cilindrada e que por isso ocupa a partir de 2021 o lugar da bem sucedida SH300i.

Para o novo ano a Honda espera continuar esta história de sucesso. E por isso a nova SH350i conta com algumas novidades que a posicionam como uma excelente proposta para os motociclistas que pretendem um meio de transporte urbano, mas também necessitam de algo mais.

Como o próprio nome do modelo indica, a passagem do motor 300 para um 350 cc significa que houve um aumento de 50 cc. Este aumento de cilindrada, que na realidade passou dos 279 para os 330 cc, permitiu obter mais 12,4% de potência de pico, que atinge agora os 28,3 cv às 7.500 rpm, mas o novo motor eSP+ da SH350i é significativamente mais forte em toda a faixa de rotação, para acelerações mais rápidas e uma velocidade máxima mais elevada de 134 km/h.


O binário máximo é agora de 32 Nm às 3.250 rpm, e o monocilíndrico com refrigeração por líquido e SOHC está dentro dos parâmetros de homologação Euro5.

No interior do motor encontramos diversas novidades. Para conseguir o aumento de cilindrada, o diâmetro do cilindro passou de 72 para 77 mm e o curso subiu para os 70,7 mm. A relação de compressão é de 10,5: 1. Para se adequar ao aumento da cilindrada, a elevação e o comando das válvulas foram otimizados. Em comparação com o modelo anterior, na SH350i os comandos de fecho das válvulas da admissão e de abertura/fecho das válvulas do escape foram atrasados em 5°. A elevação também foi aumentada em 0,3 mm.

A cambota também foi redesenhada e está agora 10% mais leve. Isto foi conseguido sem fazer alterações nas dimensões dos moentes e mantendo a força e a rigidez necessárias para fazer face ao aumento de potência. Para aumentar o arrefecimento do pistão, um injetor de óleo, como o usado na CRF450R, pulveriza o óleo diretamente na parte de trás do pistão.



O atrito interno é reduzido pela descentragem de 5 mm no cilindro, pela introdução de um afinador de came hidráulico na corrente da distribuição e pela utilização de uma bomba de fundo. Usada em motos de alta performance, esta bomba reduz a pressão interna do motor, reduz a agitação do óleo e diminui as perdas por bombagem e o atrito interno de rotação. Um veio de equilibrio novo reduz ainda mais as vibrações e contribui para uma maneabilidade agradável e suave.

As revisões ao nível da admissão fizeram a rampa de aceleração aumentar de 34 para 36 mm, com as válvulas da admissão também 1 mm maiores, agora para 28 mm, o que melhora a eficiência. O ar é fornecido ao cilindro por uma caixa-de-ar de 5,5 litros de volume.

As aberturas da admissão e do escape também foram completamente redesenhadas. Agora, a abertura de admissão aspira o ar com mais eficiência, utilizando um "fluxo de redemoinho" reforçado dentro do cilindro para maior consistência na queima do combustível. Os gases de escape são agora expelidos por uma abertura de escape em linha reta, em vez da anterior abertura em curva, o que melhora mais a eficiência.


Para reduzir a resistência dos gases de escape, o novo silenciador consiste agora de duas câmaras distintas, em vez das anteriores três. As melhorias introduzidas no tubo que liga à câmara de expansão, bem como o tamanho e a colocação do catalisador, também melhoram o fluxo e a purificação dos gases.

O motor da SH350i está equipado com o sistema HSTC de controlo de binário selecionável da Honda. O HSTC compara a diferença entre as velocidades das rodas dianteira e traseira, calcula a relação de deslizamento e depois controla o binário do motor através do sistema de injeção para readquirir a tração na roda traseira. O sistema HSTC pode ser Ligado / Desligado através de um comando no punho esquerdo.



A aparência da nova SH350i segue as linhas já apresentadas na também renovada SH Mode 125. No caso da versão maior a Honda redefiniu as suas formas para lhe conferir uma presença mais “musculada”, mas sem fugir aos traços gerais que caracterizam a família SH.

A sua nova frente destaca-a das outras: o farol de LED apresenta uma "travessa central" que divide as duas barras laterais de iluminação, com os feixes de médios e de máximos. As luzes de presença ficam por cima da mesa de direção, criando uma assinatura luminosa elegante e contemporânea. O farolim traseiro, também de LED, foi redesenhado, e os intermitentes encaixam-se perfeitamente na traseira entre as pegas para o passageiro, agora em alumínio.

A forma fácil como a SH350i se adapta a uma utilização urbana é demonstrada na plataforma plana com 435 mm de largura. Utilizando o prático gancho fixo ao painel frontal, a SH350i permite o transporte de grandes objetos entre as pernas do condutor que fica sentado a apenas 805 mm de altura do solo. Debaixo do assento o espaço mantém-se, embora agora conte com uma ficha USB do tipo C.

O painel de instrumentos em LCD é totalmente novo, sendo que o condutor pode visualizar diferentes informações disponíveis através de botões no punho esquerdo.


A suportar tudo isto e de forma a garantir um comportamento dinâmico acima da média, está um novo quadro tipo berço. Redesenhado para se adaptar às necessidades da mais potente SH350i, este quadro é fabricado em tubos de aço. Os diferentes tubos apresentam diâmetro e espessura diferenciada, com a Honda a trabalhar a flexibilidade e resistência do quadro para garantir estabilidade e agilidade de um conjunto que apresenta um peso a cheio de apenas 174 kg.

O modelo de 2021 da Honda SH350i vai estar disponível nos seguintes esquemas cromáticos:

Vermelho Metalizado Mate Carnelian
Prata Metalizado Mate Ruthenium
Branco Pérola Cool
Preto

andardemoto.pt @ 27-11-2020 11:20:14

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews