Números do Mercado – Bom resultado em março não impede fim do trimestre no negativo

A Associação Automóvel de Portugal – ACAP divulgou os números do mercado relativos ao mês de março. O terceiro mês do ano fechou com números muito positivos, mas o acumulado do primeiro trimestre do ano continua no “vermelho”.

andardemoto.pt @ 8-4-2021 10:45:53

Com números francamente abaixo do necessário para manter o setor do motociclismo em terreno positivo em janeiro e fevereiro, no que às vendas de motociclos diz respeito, seria necessário que o mês de março de 2021 fosse especialmente favorável e os números de vendas subissem a pique para se registar uma variação positiva no fim do primeiro trimestre do ano.

De acordo com os dados divulgados pela Associação Automóvel de Portugal – ACAP, na verdade os números do mercado relativos a março foram bastante bons.

Todos os segmentos (Ciclomotores, Motociclos, Triciclos e Quadriciclos) terminaram março com vendas superiores ao período homólogo de 2020, e no total o mercado nacional cresceu 59,8% comparativamente a março de há um ano.


Apesar de parte deste resultado poder ser atribuído às diferentes regras e restrições adotadas pelo Governo no combate à pandemia, pois em 2020 essas restrições foram bastante mais duras e impediram praticamente toda e qualquer venda de motos em Portugal, a ACAP saliente que mesmo em comparação com o março de 2019, altura em que não estávamos em período de pandemia, este terceiro mês de 2021 significa um aumento de 16,2%.

Março deste ano foi por isso um mês muito positivo em termos de vendas.

No entanto, a ACAP continua a notar que no acumulado dos três primeiros meses de 2021 o mercado continua a “rodar” em terrenos negativos. O total do mercado indica que nestes primeiros três meses do ano foram matriculadas menos 0,9% de motos em Portugal. Mas há sinais positivos, pois as matriculações de novos Ciclomotores cresceram 4,7%, e mesmo nos Motociclos até 125 cc o crescimento é de 6,8%.



1. Ciclomotores

O mercado de ciclomotores novos matriculados pelos representantes oficiais das marcas totalizou 148 unidades em março de 2021, tendo apresentado uma variação positiva de 59,1% face ao mês homólogo de 2020. Em comparação com 2019, o aumento registado nesta categoria é de 7,2%.

Em termos acumulados, nos três meses de 2021, foram matriculados 357 ciclomotores, o que se traduziu num aumento de 4,7% relativamente a igual período do ano anterior, porém regista-se uma queda de 9,8% face a igual período de 2019.


2. Motociclos

No mês de março de 2021 foram matriculados em Portugal 2.771 motociclos, o que representou um aumento de 60,7% face a igual mês de 2020 e de 16,8% face a igual mês de 2019.

Em termos acumulados, de janeiro a março de 2021, o número de unidades matriculadas decresceu 0,4% face ao período homólogo do ano anterior, tendo sido colocados em circulação 5.780 novos motociclos. Em comparação com o primeiro trimestre de 2019 a queda registada é de 2,5%.

Os motociclos de cilindrada até 125 cc registaram, em março de 2021, um total de 1.499 unidades matriculadas em Portugal, o que representou um acréscimo de 78,2% face ao mês homólogo de 2020 e de 37,8% face ao mesmo mês de 2019.



Quanto ao número acumulado de motociclos até 125 cc matriculados no primeiro trimestre de 2021, este situou-se em 2.876 unidades, o que representou um aumento de 6,8% face a igual período do ano anterior e de 5,6% face ao mesmo período de 2019.

Os motociclos de cilindrada superior a 125 cc colocados em circulação pela primeira vez em Portugal registaram, no mês de março de 2021, um total de 1.272 unidades, o que representou um acréscimo de 44,1% face ao mês homólogo de 2020. Contudo, comparando com Março de 2019, o mercado regista uma queda de 1,0%.

Em termos acumulados, de janeiro a março de 2021, as matrículas deste tipo de veículos totalizaram 2.904 unidades, o que se traduziu numa queda de 6,6% em relação ao período homólogo de 2020 e de 9,3% em relação ao período homologo de 2019.


3. Triciclos

Em março de 2021, o mercado de triciclos registou uma variação positiva de 163,6% face a igual mês do ano anterior, registando 29 unidades matriculadas. Em termos acumulados, nos três meses de 2021, foram matriculados 40 triciclos representando isto um aumento de 14,3% face ao mesmo período do ano anterior.

4. Quadriciclos

O mercado de quadriciclos situou-se nas 67 unidades matriculadas em março de 2021, o que representou um aumento de 13,6% face a igual mês de 2021. Nos primeiros três meses de 2021 as matrículas de quadriciclos registaram uma queda de 21,5% em relação ao período homólogo de 2021, tendo sido matriculados 208 quadriciclos.

andardemoto.pt @ 8-4-2021 10:45:53


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews