A BMW Motorrad já testa a nova R 1300 GS!

A nova geração da maxitrail alemã vai ganhar potência e cilindrada. Estas são as primeiras imagens da nova BMW R 1300 GS que será apresentada para 2022.

andardemoto.pt @ 30-6-2021 15:01:14

A BMW Motorrad parece estar a levar cada vez mais a sério a questão da potência no segmento maxitrail. Rivais como a Ducati Multistrada V4 ou a KTM 1290 Super Adventure encontram-se num patamar superior em termos de potência e, para as combater, a BMW Motorrad prepara-se para lançar no mercado em 2022 uma nova geração da aclamada GS.

A maxitrail alemã, de acordo com algumas informações e tendo por base as fotos espia que recentemente chegaram a público, vai aumentar novamente de cilindrada. No próximo ano a maior das trails da marca de Munique passará a chamar-se de R 1300 GS cortesia do aumento de cilindrada do motor boxer. Não há ainda informação definitiva sobre qual será a cilindrada ou a potência atingida, mas em breve esses dados devem ser divulgados.

O aumento de cilindrada por si só não permitirá à R 1300 GS aproximar-se das rivais mais poderosas.



Nesse sentido o motor de dois cilindros opostos horizontalmente passará a ser de refrigeração integralmente por líquido. Recordamos que a atual R 1250 GS conta com refrigeração mista de ar / líquido. Com esta alteração os engenheiros alemães deverão conseguir atingir facilmente uma performance que situará a R 1300 GS entre os 150 e 160 cv.

Os dois radiadores escondidos pelas carenagens que servem de cobertura do depósito de combustível indicam que a refrigeração líquida integral será mesmo uma realidade. E depois temos também a questão das coberturas colocadas para esconder as cabeças dos cilindros. A BMW Motorrad pretende esconder ao máximo os detalhes da unidade de desenvolvimento apanhada nos primeiros testes de estrada, e as coberturas nas cabeças dos cilindros, caso estes fossem arrefecidos por ar, iria impedir a correta refrigeração do motor.

Ao nível do chassis, a BMW Motorrad utiliza uma inteligente cobertura do quadro e subquadro. Os painéis pretos contam com o quadro e subquadro desenhados em branco. Uma forma da marca alemã esconder o que alterou nestes componentes e também de impedir a imprensa e os fãs da GS de conseguirem imaginar o que se esconde debaixo destas coberturas.

Leia também - Teste BMW R 1250 GS 40 Years Edition: Requinte e eficácia


E se as suspensões e jantes serão transplantadas para a nova geração, provavelmente com alguns retoques de pormenor, o mesmo não se pode dizer do sistema de escape e do design.

O escape instalado na unidade de desenvolvimento da nova BMW R 1300 GS apresenta uma ponteira bastante compacta, muito curta quando comparamos com a solução usada na atual R 1250 GS. Não é possível saber ainda se este sistema de escape será igual, ou pelo menos semelhante ao usado na versão de produção. Mas se for, será uma mudança bastante radical para a GS.

Depois temos o design.

A R 1250 GS e as suas óticas dianteiras com iluminação DRL específica tem uma imagem inconfundível. Porém, os designers da BMW Motorrad parecem estar a estudar uma linguagem de estilo bastante mais agressiva. Mantendo o bico de pato – porém ainda mais acima na moto – a ótica dianteira muda por completo de formato, e está agora posicionada num ângulo muito pronunciado.


Por detrás do para-brisas dianteiro podemos ver apoios de painel de instrumentos bastante generosos em termos de formato da estrutura. O que deverá acontecer apenas nesta moto de desenvolvimento sendo que estes componentes serão modificados para a versão de produção.

Com tanta novidade a ter em conta na nova BMW R 1300 GS, as expectativas geradas por este primeiro conjunto de imagens da moto em testes na estrada são bastante elevadas.

A BMW Motorrad deverá apresentar a nova R 1300 GS mais para o final de 2021 e a sua comercialização deverá iniciar-se nos primeiros meses de 2022.

andardemoto.pt @ 30-6-2021 15:01:14


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews