Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary

Uma moto especial de série numerada que é um tributo a Troy Bayliss e ao primeiro título de campeã da marca, conquistado há 20 anos.

andardemoto.pt @ 22-7-2021 20:33:36

A Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary caracteriza-se pelo esquema gráfico comemorativo que remete para a Ducati 996 R que conquistou o primeiro título no Mundial de Superbike pela mão do piloto australiano Troy Bayliss em 2001.

O número 21 tem sido um número mágico para a Ducati desde o momento em que Troy Bayliss o gravou na história do motociclismo com as suas vitórias. Precisamente em 2021, 20 anos após ter ganho o Campeonato do Mundo de Superbike em 2001, a Ducati presta homenagem à lendária carreira do piloto australiano, dedicando-lhe uma moto especial, produzida numa série numerada, que celebra o primeiro dos três títulos mundiais de SBK conquistados por Bayliss: a  Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary.

A ligação entre Bayliss e a Ducati Corse no Campeonato do Mundo de Superbike é uma das histórias mais fascinantes no universo do desporto motorizado. Os resultados desta bela aventura contam-se em 52 vitórias, 94 pódios e três títulos mundiais (2001, 2006 e 2008) ganhos com três motos diferentes: as bicilíndricas 996 R, 999 R e 1098 R. 


Troy Bayliss é o único piloto na história que foi capaz de vencer em MotoGP e no Mundial de Superbike na mesma temporada (2006) e os seus feitos em corrida gravaram de forma indelével o nome do australiano nos corações de todos os Ducatisti.

Agora, a química vencedora entre a Ducati e "Baylisstic" reacende-se com a criação desta Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary, cujo nome foi escolhido pelo próprio piloto, que também contribuiu ativamente para a criação do conceito gráfico.

Esta série numerada está equipada com componentes especiais e embelezada com pormenores que evidenciam o seu caráter desportivo e destina-se a conquistar um lugar no coração dos fãs de Troy e da Ducati em todo o Mundo.

Feita a partir da base da Panigale V2, a versão "Bayliss 1st Championship 20th Anniversary" caracteriza-se pelo esquema de cores especial, cujo grafismo é inspirado no da 996 R que, na temporada de 2001, levou Troy Bayliss à conquista do seu primeiro título mundial, revisitando as suas cores e recortes.

A principal cor da moto é o Ducati Red, que se junta ao verde e branco num tributo ao espírito italiano do fabricante de motos de Bolonha, enquanto o icónico número #21 de Troy Bayliss e o logótipo da Shell reforçam visualmente a ligação à moto de corrida, destacando-se à frente e em ambos os lados.

O autógrafo de Troy Bayliss é reproduzido no depósito de combustível, enquanto as mesas de direção em alumínio mostram o nome da moto e a numeração progressiva deste modelo de edição limitada e munerada.

Para tornar a moto ainda mais eficaz em pista, a Ducati equipou a Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary com componentes Öhlins. A forquilha NX30 e o amortecedor traseiro TTX36 garantem a máxima suavidade e são projetados para conseguirem as melhores prestações em circuito, com afinações que tornam a moto mais precisa e com melhores sensações de condução resumidads num maior apoio em todas as fases da pilotagem.
O amortecedor de direção, graças às possibilidades de ajuste com que está equipado, permite personalizar a sua calibragem adaptando-o ao estilo de pilotagem e às características da pista.


Comparativamente à versão standard, a Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary é também 3 kg mais leve, graças à adoção de uma bateria de iões de lítio e à escolha da configuração monolugar, que remete de forma explícita para a imagem da moto de competição.

O equipamento fica completo com punhos desportivos, cobertura do silenciador em fibra de carbono e titânio e ao assento do condutor, elaborado de forma a combinar dois materiais técnicos diferentes, com dupla costura a vermelho.

O número 21 de Troy está bordado no assento e, juntamente com as faixas verde e vermelha, compõem a bandeira italiana. A moto está também equipada com bombas de travão e embraiagem de sangramento automático, com reservatórios em cinzento fumado.

A Panigale V2 é a ‘super-mid’ das motos desportivas da Ducati e representa o modelo de entrada na família Panigale. É movida pelo motor bicilíndrico Superquadro de 955 cc (com homologação Euro 5), que debita uma potência máxima de 155 cv às 10.750 rpm e um binário máximo de 104 Nm às 9.000 rpm. A ciclística assenta num quadro monocoque, com o elegante e desportivo design inspirado no da Panigale V4.

O pacote de eletrónica, dedicado à segurança ativa e ao controlo da dinâmica do veículo, inclui a função "cornering" proporcionada pelo ABS Bosch, o quick shifter eletrónico que também trabalha sob reduções, os controlos de tração, de travão-motor e anti-wheelie (Ducati Quick Shift, Ducati Traction Control, Ducati Wheelie Control, Engine Brake Control).

Todos os sistemas estão integrados nos três Riding Modes (Race, Sport e Street) que podem ser modificados através do ecrã TFT a cores de 4,3’ polegadas, com um grafismo e interface desenhados para tornar intuitiva a navegação nos menus e ajuste das definições, bem como para a identificação imediata do Riding Mode selecionado.

A moto foi oficialmente apresentada pela Ducati num episódio especial da Ducati World Première filmado no Museu Ducati, em pista e na casa de Troy na Austrália.
O CEO da Ducati, Claudio Domenicali, o Team Manager da Ducati Corse, Davide Tardozzi, que esteve ao lado de Bayliss ao longo da sua carreira na Ducati, o Diretor do Centro Stile Ducati, Andrea Ferraresi, e o Responsável pela Comunicação de Produto na Ducati, Giulio Fabbri, todos contribuíram para a apresentação das características da moto e para o relato da incrível relação entre a Ducati e Bayliss.
O próprio Troy tomou parte neste vídeo, partilhando com os Ducatisti as suas mais indeléveis memórias e emoções vividas na moto. O universo do Mundial de Superbike vai também prestar homenagem à carreira de Bayliss durante a Ronda 5 desta temporada de 2021, agenda para o fim de semana na pista de Assen. 

Na sexta-feira 23 de julho, às 13.00 (12.00 em Portugal), o campeão australiano será o protagonista de uma conferência de imprensa virtual no Paddock Show, juntamente com o Diretor Desportivo da Ducati Corse, Paolo Ciabatti, durante a qual as mais importantes etapas que levaram Troy ao seu primeiro título, ganho no traçado de Assen, serão recordadas. 

No domingo 25 de julho às 11.05 (PT), após a Corrida SuperPole, a Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary irá completar uma volta de honra à pista, pilotada pro Michael Rinaldi, piloto de fábrica da Aruba.it Racing – Ducati, que compete no WorldSBK com o mesmo número de Bayliss.

O vigésimo aniversário da conquista do primeiro título de Troy Bayliss com a Ducati está a ser celebrada em Borgo Panigale com uma exposição temporária no Museu Ducati intitulada "Troy Story: The Legend of a Champion", exibindo as motos com as quais Troy conseguiu escrever alguns capítulos memoráveis na história da competição motociclística.

A exibição pode ser visitada até 19 de setembro de 2021 (aqui encontra mais informação sobre o Museu Ducati.

A Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary estará disponível em todos os Vendedores Autorizados da rede Ducati a partir do outubro, com um preço de 21.795€.

Abaixo pode ver o vídeo de apresentação e encontrar as especificações técnicas da moto e ainda (muitas) mais imagens.




Ficha Técnica da Ducati Panigale V2 Bayliss 1st Championship 20th Anniversary

andardemoto.pt @ 22-7-2021 20:33:36


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews