MV Agusta Brutale 1000 Nürburgring – Menos peso para a mais extrema das Brutale

A marca italiana criou uma nova variante mais extrema da sua supernaked. A nova MV Agusta Brutale 1000 Nürburgring aposta na redução de peso para atingir uma performance ainda melhor. Será fabricada em quantidade limitada e com um preço anunciado que não é para todos!

andardemoto.pt @ 11-10-2021 17:47:07

Nürburgring é um circuito que ganhou o estatuto de ícone no mundo do desporto motorizado. O “Inferno Verde” como também é conhecido, apresenta inúmeros desafios aos pilotos que o tentam enfrentar, seja em quatro ou em duas rodas. E foi precisamente ao circuito alemão que a MV Agusta foi buscar inspiração para a sua mais recente criação: Brutale 1000 Nürburgring.

Numa supernaked em que a potência já não era problema, a forma mais eficiente da MV Agusta melhorar a Brutale 1000 era reduzindo o peso. Assim, esta Nürburgring que é a variante mais extrema da Brutale, passou por uma intensa cura de emagrecimento e o resultado é uma fenomenal relação peso / potência.

Para atingir um peso de 177 kg a cheio (com o kit Racing instalado) a MV Agusta recorreu a um dos materiais mais utilizados no mundo da competição. A fibra de carbono foi escolhida para criar as formas das poucas carenagens que cobrem toda a ciclística, sendo que a Brutale 1000 Nürburgring conta ainda com jantes em fibra de carbono fornecidas pelos especialistas da BST, com acabamento dourado para maior contraste.



O grande destaque nestas jantes exclusivas da BST são os seus cubos maquinados a partir de um bloco sólido de alumínio, mais rígidos, mas ao mesmo tempo mais leves do que os cubos que encontramos neste tipo de jantes. Estas jantes contribuem em grande parte para a melhoria na dinâmica da Brutale 1000 Nürburgring, graças à inércia reduzida, o que se traduz em maior agilidade e aceleração.

Cada uma das 150 unidades da MV Agusta Brutale 1000 Nürburgring é entregue ao proprietário em conjunto com o kit Racing. Aqui, o destaque vai para o exclusivo sistema de escape completo fabricado pela Arrow, em titânio, que é acompanhado por uma centralina específica.

A fibra de carbono pode ser encontrada em vários componentes desta poderosa e despida italiana. Por exemplo, a máscara que cobre a ótica dianteira “Full LED” é em carbono e conta com um pequeno spoiler superior para melhorar a aerodinâmica. Por falar em aerodinâmica, nas laterais desta Brutale encontramos asas que visam ajudar a manter a estabilidade a alta velocidade. E sendo esta Brutale 1000 Nürburgring uma moto com 208 cv, facilmente o condutor consegue passar a barreira dos 300 km/h!



Mantendo como base as especificações técnicas da Brutale 1000 RR, esta versão de produção limitada será facilmente identificada pelo seu exclusivo esquema de cores que mistura o prateado com “pinceladas de vermelho Nürburgring”, de acordo com o comunicado da MV Agusta.

Se isto não for suficiente, então a placa numerada garantirá que o proprietário da Brutale 1000 Nürburgring sabe que está perante uma edição bem especial da naked italiana.

E com tantos detalhes exóticos a adornarem esta novidade, qual é o preço a pagar para ter uma das 150 unidades da Brutale 1000 Nürburgring na sua garagem?

Como habitualmente, uma moto deste calibre e especificações tem um preço a condizer. A MV Agusta anuncia que em Itália o PVP da Brutale 1000 Nürburgring será de 39.900€.

Galeria de fotos MV Agusta Brutale 1000 Nürburgring

andardemoto.pt @ 11-10-2021 17:47:07


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews