MotoGP – À segunda vez Brad Binder não se safa da penalização

O toque que o piloto sul-africano deu em Jack Miller e que acabou com a corrida dos dois não passou despercebido. Brad Binder sofre penalização e no próximo Grande Prémio vai ter de cumprir uma “Long Lap”.

andardemoto.pt @ 26-10-2020 15:28:26

Com o Painel de Comissários da Federação Internacional de Motociclismo a avisar os pilotos das três categorias do Mundial de Velocidade que irá endurecer as penalizações aplicadas em caso de prevaricação em pista, Brad Binder torna-se no mais recente exemplo do que acontece aos pilotos de MotoGP caso ultrapassem os limites.

O piloto sul-africano já tinha estado na mira do Painel de Comissários da FIM logo no início da temporada de MotoGP. No Grande Prémio de Espanha em Jerez, Binder colocou Miguel Oliveira fora de prova quando exagerou na travagem para a curva 1 do circuito andaluz, tocou na roda traseira da KTM RC16 do português, que não teve qualquer hipótese de evitar a queda.

Nessa altura, e tendo em conta que Brad Binder é um “rookie” em MotoGP, o Painel de Comissários FIM decidiu deixar passar a situação sem qualquer penalização. Apenas um aviso, complementado por algumas palavras dos responsáveis desportivos da KTM Racing.



No entanto Brad Binder foi novamente apanhado na mesma situação.

No Grande Prémio de Teruel, no passado domingo, Binder voltou a ser demasiado impetuoso nos momentos iniciais da corrida de MotoGP. Desta feita não foi na curva 1, como com Miguel Oliveira, mas sim na curva 2, onde acabou por tocar na roda traseira de Jack Miller (Pramac Ducati), com os dois a terminarem a sua corrida logo aí.

Para o Painel de Comissários FIM à segunda foi de vez, e Binder foi então penalizado e terá de completar uma “Long Lap Penalty” na próxima corrida de MotoGP, que se realizará no circuito Ricardo Tormo, em Valência.

andardemoto.pt @ 26-10-2020 15:28:26


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP