MotoGP – Grande Prémio de Portugal não terá público!

O primeiro-ministro António Costa revelou que foi decidido que o Grande Prémio de Portugal de MotoGP acontece sem público. A decisão teve em conta a situação da pandemia e também as falhas na organização do GP de Fórmula 1.

andardemoto.pt @ 1-11-2020 09:26:54

O que ainda há uns dias não passava de uma mera hipótese, tornou-se hoje numa realidade: o Grande Prémio de Portugal de MotoGP não terá público nas bancadas! Quem o anunciou foi o primeiro-ministro António Costa, em conferência de imprensa após a reunião extraordinária do Conselho de Ministros.

Para além das muitas regras e restrições que os portugueses terão de cumprir, António Costa não revelou qualquer tipo de contemplação face ao que aconteceu no Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1.

As imagens na TV e as fotos que mostraram grandes aglomerados de fãs nas bancadas, e também as dificuldades sentidas por muitos para entrar no Autódromo Internacional do Algarve e ocupar os respetivos lugares nas bancadas, situações que foram altamente criticadas ao longo da última semana, levaram António Costa a tecer duras críticas à organização da F1 em Portugal.



Para o primeiro-ministro ficou clara a incapacidade da organização em receber o público no autódromo algarvio, “Ao contrário do que aconteceu nas atividades mais diversas, no âmbito cultural, religioso, político e até desportivo, onde houve acontecimentos com público em que foi tudo bem organizado e as regras foram todas cumpridas e não houve problemas, o que aconteceu no Grande Prémio (de F1) no fim de semana passado é absolutamente inaceitável e irrepetível”.

De seguida António Costa centrou as suas atenções na organização do Grande Prémio de Portugal de MotoGP: “Já foi comunicado ao promotor que o próximo Grande Prémio de motos não terá público, porque já está revelada a incapacidade de organizar eventos com público, e não podemos voltar a correr riscos”, concluiu o primeiro-ministro.



O responsável máximo pelo Governo de Portugal toma assim a decisão de impedir os fãs de assistir ao vivo ao Grande Prémio de Portugal de MotoGP, dias 20 a 22 de novembro. No entanto, e tendo em conta a hipótese de cancelamento do GP de Portugal, tal como o seu Andar de Moto deu conta aqui, esta solução permitirá que esta ronda final da temporada se realize.

Ficamos agora a aguardar uma reação dos responsáveis do Autódromo Internacional do Algarve a esta tomada de posição por parte do Governo.

andardemoto.pt @ 1-11-2020 09:26:54


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP