MotoGP 2021 – Qual foi o piloto que caiu mais vezes?

Com o final da temporada de MotoGP chegam as habituais contagens de quedas. Será que você sabe qual foi o piloto que caiu mais vezes ao longo de toda a temporada da categoria rainha?

andardemoto.pt @ 22-11-2021 15:36:55

A temporada 2022 está já no centro de todas as atenções, e os primeiros testes de MotoGP com vista ao próximo ano deram por encerrada a atividade em pista para os pilotos da categoria rainha.

Embora pilotos e equipas estejam já totalmente focados no futuro, este final de ano é também o momento ideal para se fazer a contabilidade relativamente a um assunto que será bastante “doloroso” para alguns pilotos: qual foi o piloto que caiu mais vezes ao longo da temporada 2021 de MotoGP?

Esta “honra”, se assim se pode chamar, coube ao jovem Iker Lecuona (Tech3 KTM Factory). O piloto espanhol, que na próxima temporada irá estar integrado na equipa de fábrica da Honda no Mundial Superbike, sofreu 26 quedas ao longo dos 18 fins de semana de competição.


Atrás de Lecuona ficou Marc Márquez (Repsol Honda) com 22 quedas, sendo de realçar que o oito vezes campeão do mundo não participou nas primeiras corridas do ano nem nas últimas duas corridas. Ou seja, mesmo participando em menos Grandes Prémios, Márquez continua a posicionar-se como um piloto com uma tendência enorme para sofrer quedas enquanto procura o limite da sua Honda RC213V.

O pódio de pilotos que mais quedas sofreram em 2021 fica completo com a presença de outro piloto da Honda, neste caso Pol Espargaró, com um total de 20 quedas. De facto, este ano foi bastante dispendioso para equipas com motos Honda! Para além dos dois pilotos de fábrica, Alex Márquez e Takaaki Nakagami, ambos da LCR Honda, também figuram nos lugares cimeiros da lista, e ajudaram a contribuir para que o fabricante japonês seja aquele com maior percentagem de quedas: 27% de um total de 278 quedas.

Ou seja, 75 quedas foram protagonizadas por pilotos Honda.

Na lista de fabricantes com mais quedas aparece logo de seguida a Ducati (26% / 72 quedas) e a KTM fecha o trio do pódio com 58 quedas, o equivalente a 21% do total de quedas registadas em todas as sessões dos vários Grandes Prémios.



Quanto ao piloto português Miguel Oliveira (Red Bull KTM Factory), o ano 2021 fica marcado por várias quedas, algumas pouco habituais tendo em conta o historial do piloto luso. Com um total de 12 quedas sofridas ao longo da temporada 2021 de MotoGP, Miguel Oliveira fecha o “top 10” neste registo particular, empatado com pilotos como Jack Miller (Ducati Lenovo Team), Takaaki Nakagami (Idemitsu Honda LCR) e Alex Rins (Ecstar Suzuki).

E se uns são destaque pelas muitas quedas, outros são destaque precisamente pelo contrário.

Dos pilotos a “tempo inteiro” de MotoGP, Franco Morbidelli ( Petronas Yamaha SRT e Monster Energy Yamaha) foi o que caiu menos vezes: 2. Porém, recordamos que o italiano da equipa de fábrica da Yamaha esteve ausente das pistas por um longo período devido a uma lesão no joelho, e por isso é normal que a sua contabilidade seja mais reduzida.

Maverick Viñales (Aprilia Gresini e Monster Energy Yamaha) com 4 quedas fica logo atrás de Morbidelli, enquanto outro piloto Yamaha, neste caso o novo campeão Fabio Quartararo, termina a temporada com 7 quedas na sua conta pessoal.

Em termos de fabricantes, a Suzuki com apenas 20 quedas contabilizadas é a marca que menos teve de gastar em reparações de danos devido a incidentes dos seus pilotos, com a Yamaha a apresentar 21 quedas e a Aprilia 32 quedas.

Ranking de quedas dos fabricantes MotoGP 2021 – total de quedas: 278


Honda 75 quedas (27%)
Ducati 72 quedas (26%)
KTM 58 quedas (21%)
Aprilia 32 quedas (11,5%)
Yamaha 21 quedas (7,5%)
Suzuki 20 quedas (7%)


Ranking de quedas de pilotos MotoGP 2021


Iker Lecuona (KTM) 26 quedas
Marc Márquez (Honda) 22 quedas
Pol Espargaró (Honda) 20 quedas
Alex Márquez (Honda) 19 quedas
Aleix Espargaró (Aprilia) 18 quedas
Ene Bastianini (Ducati) 15 quedas
Jorge Martín (Ducati) 14 quedas
Jack Miller (Ducati) 12 quedas
Takaaki Nakagami (Honda) 12 quedas
Miguel Oliveira (KTM) 12 quedas
Alex Rins (Suzuki) 12 quedas
Danilo Petrucci (KTM) 10 quedas
Lorenzo Savadori (Aprilia) 10 quedas
Johann Zarco (Ducati) 10 quedas
Valentino Rossi (Yamaha) 9 quedas
Brad Binder (KTM) 9 quedas
Luca Marini (Ducati) 9 quedas
Joan Mir (Suzuki) 8 quedas
Pecco Bagnaia (Ducati) 7 quedas
Fabio Quartararo (Yamaha) 7 quedas
Maverick Viñales (Aprilia) 4 quedas
Michele Pirro (Ducati) 3 quedas (piloto de testes)
Stefan Bradl (Honda) 2 quedas (piloto de testes)
Jake Dixon (Yamaha) 2 quedas (piloto de Moto2 que substituiu piloto lesionado)
Franco Morbidelli (Yamaha) 2 quedas
Tito Rabat (Ducati) 2 quedas (piloto do Mundial SBK que substituiu piloto lesionado)
Garrett Gerloff (Yamaha) 1 queda (piloto do Mundial SBK que substituiu piloto lesionado)
Dani Pedrosa (KTM) 1 queda (piloto de testes)
Sylvain Guintoli (Suzuki) 0 quedas (piloto de testes)
Andrea Dovizioso (Yamaha) 0 quedas (entrou a meio da temporada)
Cal Crutchlow (Yamaha) 0 quedas (piloto de testes)

andardemoto.pt @ 22-11-2021 15:36:55


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP