Moto3, 2022, Mugello – Pole de Öncü à boleia

Foggia acabou terceiro

Um reboque revelou-se crucial no resultado final da grelha das Moto3, e o domínio de Dennis Foggia em Mugello este fim-de-semana chegou ao fim, batido para segundo por Holgado  

andardemoto.pt @ 28-5-2022 15:09:53 - Paulo Araújo

Deniz Öncü, da KTM Red Bull Tech3, reclamou a pole no Gran Premio d'Italia Oakley após Dennis Foggia da Honda Leopard não ter conseguido levar o seu domínio dos treinos para o Q2.

Foggia ainda teve uma grande influência na forma como a qualificação se desenrolou no Autodromo Internazionale del Mugello, mas isso foi porque foi o italiano que deu o reboque decisivo a Öncü.

Foggia ainda fez a primeira fila, mas vai começar pelo lado de fora do Turco, que marcou um 1:56.811, seguido de Daniel Holgado da KTM Red Bull Ajo.

Há talvez poucos circuitos no calendário onde um reboque no cone de ar é mais importante que Mugello, particularmente na classe leve, e foi assim que John McPhee (Sterilgarda Husqvarna Max) se colocou em primeiro lugar nas fases iniciais do Q2 com um 1:57.299.

 


Foggia, por outro lado, teve de fazer o seu próprio cone de ar, apesar de ter conseguido o segundo lugar nos últimos minutos com um 1:57.367.

Depois, na próxima volta, Foggia conseguiu levar a melhor sobre o escocês, ao mesmo tempo que marcava 1:57.168.

Infelizmente para "O Foguete", ele tinha Öncü perto de si e o piloto turco usou o reboque para definir uma volta ainda mais rápida.

Com a bandeira xadrez de fora, Foggia melhorou para 1:57.094 mas isso não foi suficientemente bom para derrubar o homem da Tech3 da pole position, nem foi suficientemente bom para se agarrar ao segundo lugar quando Holgado passou num monte de motos para alcançar um 1:56.908.


andardemoto.pt @ 28-5-2022 15:09:53 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP