MotoGP, 2022, Holanda – Bagnaia de fio a pavio

Oliveira em 9º desilude

Bagnaia jogou na perfeição vencendo de bandeira a bandeira e acompanhado por Bezzecchi na sua estreia no pódio, enquanto Aleix Espargaró protagonizou uma recuperação espantosa para se juntar a Viñales à beira do pódio em 4º

andardemoto.pt @ 26-6-2022 14:02:35 - Paulo Araújo

Pecco Bagnaia fez o melhor da sua saída da pole para liderar o GP da Holanda seguido de perto por Quartararo e Aleix  Espargaró, enquanto Miguel Oliveira ia na outra direção perdendo dois lugares. Na repetição da partida, viu-se que Mir ficou parado e o português ainda colidiu com a Suzuki, perdendo tempo.

A seguir, drama quando Quartararo tenta entrar por dentro da Aprilia caindo e levando Aleix com ele para a gravilha, com ambos a regressar à pista muito atrasados.

Pouco depois, com Bezzecchi a chegar a segundo, Morbidelli caia também e Miller estava muito atrasado por vir cumprir uma penalidade de volta longa.


Quartararo, que tinha perdido as asas do lado esquerdo, vinha em ritmo lento quando Darryn Binder caia da corrida também, mas Aleix Espargaró recuperava já até 12º.

Atrás dos líderes, Oliveira seguia Nakagami em oitavo e Quartararo, descoordenado, vinha cair uma segunda vez, desta para abandonar.

Ignorando a chegada de gotas de chuva, Aleix continuava a sua recuperação, passando Oliveira no que foi seguido em curta ordem por Rins e o português era já nono de novo a seis voltas do fim.

A duas voltas do fim, Miller viria pressionar Viñales para o último degrau do pódio sem sucesso, com a  última volta a confirmar a vitória de bandeira a bandeira de Bagnaia, seguido de Bezzecchi e Viñales e Aleix a passar dois na chicane Jaap Timmer para ficar em 4º

andardemoto.pt @ 26-6-2022 14:02:35 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP