MotoGP, 2023, GP Índia - Marini mais rápido no segundo treino

Oliveira baixa tempo, mas mantém 17º

Luca Marini bateu Jorge Martin durante a segunda sessão de treinos livres de sexta-feira em Buddh, colocando a Ducati Ducati Mooney no topo em ambas as sessões de treinos.

andardemoto.pt @ 22-9-2023 15:06:52 - Paulo Araújo

Mais rápido no TL1, Marco Bezzecchi teve mais um bom começo à tarde, ao marcar o ritmo à frente do duplo vencedor da corrida em Misano, Jorge Martin.

Após terminar o TL1 em 16º, Jack Miller começou a segunda sessão de treinos perdendo a frente da sua KTM.

A seguir, Márquez consegui rodar abaixo do tempo do italiano mas não ficou na frente por muito tempo, com Oliveira também em 3º a dada altura.

Enquanto isso, Aleix Espargaró colocou a sua Aprilia de fábrica no topo da classificação por pouco menos de um décimo.

A tabela de classificação mudou mais uma vez quando Martin, que estava diretamente atrás de Espargaró no circuito, melhorou o tempo em dois décimos.


Também com dificuldades em parar a sua máquina a tempo na curva 1, Espargaró foi o próximo piloto a sair de pista.

Com mais de três décimos de vantagem sobre o primeiro setor, Bezzecchi perdeu algum tempo, embora isso não o tenha impedido de ultrapassar a barreira dos 1:45s.

Francesco Bagnaia encontrou a sua forma a meio da sessão, chegando a 4º.

Martin voltou então ao topo da tabela com o tempo mais rápido do dia, antes de Luca Marini subir para segundo antes de cair na curva um.

Com os ataques de tempo a 20 minutos do final da sessão, Franco Morbidelli atacou para ficar em terceiro.

Viñales foi o próximo a ameaçar o melhor tempo, mas ao contrário de Morbidelli, o piloto da Aprilia manteve a sua vantagem de três décimos, mas também ele acabou por ficar fora da curva 1, o que aconteceu a muitos pilotos depois de estabelecerem a sua volta mais rápida.


A seguir, Bezzecchi foi o mais rápido com mais de um décimo de vantagem sobre Viñales, enquanto Quartararo colocava a sua Yamaha de fábrica em segundo lugar.

Martin saltou para 2º a quatro décimos de Bezzecchi. Seguindo de perto o italiano, Marc Márquez usou o reboque a seu favor e passou para segundo.

A diferença de Martin foi então reduzida a quase nada quando Espargaró voltou a colocar a sua Aprilia em disputa.

Marini passou a liderar, enquanto Brad Binder subiu para quarto, mas a sua volta foi anulada devido às bandeiras amarelas.

No final, Oliveira tinha melhorado o seu tempo da manhã em 0,7 décimas mas sem ascender do 17º lugar.


andardemoto.pt @ 22-9-2023 15:06:52 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP