MotoGP 2024, Antevisão GP Itália

Dois seguidos

Pela primeira vez este ano, dois Grandes Prémios têm lugar em fins-de-semana consecutivos com a chegada de Mugello após Barcelona, aumentando a cadência de ação de uma das mais disputadas épocas de sempre.

andardemoto.pt @ 28-5-2024 10:24:00 - Paulo Araújo

2024 tem sido, até agora, uma temporada de corridas incríveis e vitórias decisivas, com confrontos e duelos até à bandeira. É também a mais renhida de sempre na era do MotoGP nos primeiros seis Grandes Prémios.

A diferença média entre o vencedor e o segundo classificado é de apenas 1,083 segundos, batendo os anteriores 1,196s de 2002.
Isto num momento em que, apesar da sua vitória em Barcelona, Francesco Bagnaia perdeu mais um ponto para Jorge Martin, que lidera a tabela por 39 pontos graças ao Italiano não ter pontuado no Sprint.

Mais dramaticamente, porém, um Márquez cada vez mais em forma vem apanhando os dois, e está agora a 2 pontitos de Bagnaia, parecendo cada vez mais forte cada vez que se senta na Ducati, que vai para o GP de casa.


Por outro lado, Aleix Espargaró, ao mesmo tempo que anunciou que este será o seu último ano na competição, deu um salto na tabela ao vencer o Sprint e está só a 7 pontos de Acosta em 6º – e Mugello também é a pista de casa para as motos de Noale, onde além disso Viñales vai mantendo ainda o 5º lugar atrás de Bastianini.

Este, por seu lado tem coisas a provar após ter sido castigado pela cada vez mais prepotente Dorna por ter sido abalroado por Alex Márquez (!!). 
Logo atrás Binder, agora 8º após um encontro menos produtivo, já não é o líder das KTM, pois o rookie Acosta tem agora essa posição… embora ainda lhe falte consistência para emparelhar com a sua assustadora velocidade em curva.

Quartararo, agora em 12º, fez progressos com a Yamaha e quererá mais, enquanto Oliveira subiu a meio da tabela em 13º com o bom Top 10 conseguido e também vai na direção certa, a caminho de um circuito onde sempre foi forte, ou não fossem os saca-rolhas de Mugello um traçado de pleno coração… 




A seguir, o seu colega de equipa Raul Fernández acaba de conseguir o melhor resultado da Trackhouse até hoje, e parecia destinado a ainda mais…
Miller e Morbidelli a seguir podem surpreender e com vários pilotos separados por um ponto, tudo pode mudar em instantes.

No fundo da tabela, as Yamaha e Honda ainda procuram melhorias e podem imiscuir-se na luta pelos lugares mais acima, baralhando as coisas… e as colina de Mugello praticamente garantem continuidade à escalada dos números recordes de espetadores que estamos a ver em 2024!



andardemoto.pt @ 28-5-2024 10:24:00 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP