Yamaha Majesty S 125 - Real Alternativa

A mais recente Scooter 125cc da Yamaha é uma eficaz solução de mobilidade no meio urbano. Fique a saber porquê.

andardemoto.pt @ 23-5-2015 15:29:27


Texto: Rogério Carmo    Foto: ToZé Canaveira


Desenvolvida a partir da base da Xenter 125, de quem herda o motor com o radiador colocado em posição lateral e a suspensão traseira com o monoamortecedor dissimulado, a Majesty S 125 garante um bom desempenho dinâmico tanto em estrada aberta como no meio da cidade, a par de uma segurança elevada e um consumo de combustível muito interessante.

Oferecendo um amplo espaço de arrumação debaixo do assento, que sobe automaticamente, onde cabe um capacete integral e ainda sobra imenso lugar para outros objetos, esta Scooter tem a vantagem de oferecer uma plataforma plana que, em caso de emergência, ainda pode servir de “convés de carga” para um saco ou mochila mais volumosos. Um gancho de suspensão está colocado no meio do painel frontal para facilitar o transporte.


A posição de condução é bastante ergonómica, apesar de servir melhor as estaturas mais baixas, sobretudo no que diz respeito ao espaço para as pernas, e o assento é bastante confortável tanto para o condutor como para o passageiro. Este ainda beneficia do nível elevado do assento que não põe em causa a proteção aerodinâmica, mas que proporciona uma ampla visão. 

A qualidade de construção revela-se sobretudo pela isenção de ruídos parasitas ao circular nos pisos mais degradados, onde a suspensão com afinação bastante firme se ressente bastante, sendo nessa situação muito pouco confortável. Apesar de absorver razoavelmente bem as pequenas irregularidades e as vibrações causadas pelos pisos em calçada, os buracos e as maiores saliências do asfalto causam sensações nada agradáveis, sobretudo na forquilha, transferindo o impacto para o guiador e para os nossos pulsos.



O motor desenvolve com convicção, sobretudo devido às quatro válvulas que fazem a distribuição com a ajuda de uma árvore de cames colocada à cabeça, dando um grande fôlego aos regimes mais altos que conseguem empurrar a Majesty S para lá da barreira psicológica dos três dígitos no velocímetro.
A travagem, dotada de discos em ambos os eixos, é de muito bom nível mesmo quando carregada com passageiro. A resposta das manetes é intuitiva e forte, permitindo uma dosagem muito aceitável.


O painel de instrumentos é de fácil leitura e transmite a informação necessária para uma utilização quotidiana, com relógio e contadores de quilómetros parciais. A iluminação, insprirada na da família “Max”, conta com tecnologia LED e o farol, com lâmpada de halogénio, emite um foco de luz suficiente para uma utilização extra-urbana.
Muito manobrável, seja a baixa velocidade, seja a pé, sobretudo devido ao peso contido e à boa distribuição de massas, também o seu descanso central é muito fácil de usar, mesmo em piso inclinado.



A lista de acessórios de fábrica é extensa, incluindo Top Case, saco de consola e encosto de passageiro. Em termos de cores, a Majesty S 125 está disponível em branco, preto e cinzento mate.

Para conhecer o preço e todas as características técnicas desta Majesty S 125 clique aqui. Para marcar um teste drive, procure aqui o concessionário Yamaha mais perto de si.


andardemoto.pt @ 23-5-2015 15:29:27


Clique aqui para ver mais sobre: Test drives