Teste Harley-Davidson Sportster Nightster 975 - Rebeldia Custom

Na clássica silhueta Sportster, estreia-se o novo motor Revolution Max 975T que pretende redefinir a experiência Harley-Davidson para uma nova geração de motociclistas.

andardemoto.pt @ 27-7-2022 13:23:07 - Texto: Rogério Carmo | Fotos: Luis Duarte

À semelhança da sua congénere mais potente, a Harley-Davidson Sportster S, que recentemente também tive a oportunidade de testar (pode ver aqui), a nova Nightster 975, além da silhueta baixa e esguia, pouco tem a ver com as velhas, modestas e simples Sportsters de antigamente, como as tão populares Forty-Eight ou Seventy-Two. Qualquer outra semelhança é pura coincidência.

Oferecendo uma posição de condução radical, tipicamente cruiser, a mais nova produção de Milwaukee proporciona uma experiência de condução verdadeiramente impressionante, graças à nova unidade motriz que a equipa.

O novo Revolution Max 975T, derivado do que equipa a Pan America e a Sportster S, nem sequer pode ser comparado em desempenho com o que proporcionava o bastante “cansado” Evolution de 1200cc.

A nova tecnologia que incorpora, como a refrigeração por líquido, proporciona a este V-Twin a 60 graus uma curva de binário que permanece plana em toda a ampla faixa de potência, projetada para fornecer uma forte aceleração e um elevado binário nos médios regimes.

Na prática, em qualquer relação de caixa a resposta ao acelerador é contundente, mas tem um fôlego que provoca a que se explorem os regimes mais elevados, desfrutando de uma forte aceleração e uma deliciosa nota de escape.

Para quem gosta de saber números, o Revolution Max 975T (com 975 cilindradas, como dizem os nossos irmãos do lado de lá do Atlântico) debita uma potência máxima de 90 CV (67 kW) às 7.500rpm, com um binário máximo de 95N-m registado às 5.000rpm.

Com ajuste hidráulico da folga das válvulas, este motor garante uma operação silenciosa e muito regular e elimina a necessidade de procedimentos de manutenção frequentes, caros e complicados.

Dotado de veios de equilíbrio internos, transmite níveis de vibração reduzidos, tão só para para que não perca aquele carácter genuinamente Harley-Davidson.

Ao contrário do que acontecia nas velhas Sportster, o motor Revolution Max 975T é um componente estrutural do quadro, fator que reduz significativamente o peso da moto e resulta numa ciclística rígida, que confere uma maior agilidade no meio do trânsito, apenas limitada pela excessiva largura do guiador que obriga a uma grande precisão na altura de tirar medidas.

A altura livre ao solo e a inclinação lateral também saem beneficiadas, permitindo uma condução mais despreocupada ou entusiasmada conforme a disposição.

A nova arquitetura permite ainda colocar o depósito de combustível, fabricado em plástico e com 11,7 litros de capacidade, debaixo do assento por troca com a caixa de ar, agora mais elevada, por cima do motor, o que além de contribuir para um centro de gravidade mais baixo, ainda melhora a sonoridade da admissão. Também a bateria está agora colocada por debaixo do radiador.


Com o assento a apenas 705 mm do chão e novo o equilíbrio de massas, mesmo os motociclistas de estatura mais baixa não vão ser penalizados pelo peso em ordem de marcha de 221 kg, anunciado pela marca.

A suspensão foi alvo de melhoramentos significativos, adoptando na frente uma forquilha Showa do tipo Dual Bending Valve com 41 mm de diâmetro, capaz de conferir uma excelente leitura do piso e rapidez de resposta na direção e na traseira dois amortecedores com ajuste de pré-carga que, apesar do escasso curso, são incomparavelmente melhores que os das versões anteriores, mais progressivos e robustos, perfeitamente capazes de aguentarem a carga do acelerador e nivelarem relativamente bem os pisos em menos bom estado.

A travagem está perfeitamente ao nível do conjunto, com uma mordida convincente e uma razoável capacidade de dosagem.

A grande novidade nesta nova Sportster Nightster é o sistema Rider Safety Enhancements by Harley-Davidson, um pacote electrónico básico mas eficaz que potencia a tração e a aderência disponíveis durante a aceleração, desaceleração e travagem.

O ABS opera independentemente nos travões dianteiro e traseiro para manter as rodas a rolar e evitar o seu bloqueio descontrolado, o Controlo de Tração evita que a roda traseira patine excessivamente durante a aceleração, mas pode ser desativado, e o Controlo do Travão-motor ajusta a entrega de binário para reduzir o deslizamento excessivo da roda traseira sob desaceleração, como se de uma embraiagem deslizante se tratasse.

A Sportster Nightster oferece ainda modos de condução selecionáveis que controlam eletronicamente as características de performance da moto e simultaneamente o nível de intervenção tecnológica, numa combinação específica de entrega de potência, intensidade do travão motor, e configurações do ABS e do TCS.

Com um toque no botão MODE situado nos controlos do punho direito pode-se alternar entre os 3 modo de condução disponíveis (Sport, Road e Rain) mesmo em andamento.


Na prática a nova Sportster Nightster 975 é muito agradável de conduzir, impressiona pelas prestações dinâmicas, cativa pela fluidez das linhas e pelos pormenores de design das cabeças dos cilindros estrategicamente pintadas em Metallic Charcoal texturizado para chamarem a atenção para a sua novidade.

A aceleração é contundente, sendo muito difícil resistir-lhe, tornando-nos presas fáceis dos radares de velocidade. Praticamente desde que se larga a embraiagem por completo, já podemos estar a transgredir a lei, e em estrada aberta, as consequências podem ser bem pesadas para a carteira, mas ainda assim é difícil resistir à tentação de enrolar o punho com convicção.


Com um preço a partir de 15.900€ a nova Sportster Nightster 975 até pode parecer cara em comparação com a Sportster S, que está tabelada com um preço a partir de 18.000 €, mas a verdade é que a sua maior facilidade de condução é uma vantagem que não tem preço, sobretudo para os condutores de estatura mais baixa ou delicada.

O consumo mais contido, a manutenção menos dispendiosa e a menor radiação térmica emitida pelo motor são ainda outras vantagens a ter em conta na altura de tomar decisões.

Apesar de diferente, Sportster Nightster 975 encerra a mesma Rebeldia Custom das motos de antigamente, mas de uma forma mais tecnológica e mais sintética, a condizer com os tempos que correm.

Equipamento:

andardemoto.pt @ 27-7-2022 13:23:07 - Texto: Rogério Carmo | Fotos: Luis Duarte


Clique aqui para ver mais sobre: Test drives