Dakar 2021 Prólogo – Dois portugueses entre os 10 melhores

A 43ª edição do famoso Rali Dakar arrancou com um Prólogo. Apenas 11 km para aquecer os motores e músculos, com dois dos quatro pilotos portugueses a terminarem o dia entre os 10 primeiros e com o campeão em título Ricky Brabec a ser o mais veloz.

andardemoto.pt @ 2-1-2021 15:26:24

As emoções do maior e mais famoso rali do mundo estão de regresso! O Rali Dakar, que este ano será novamente cumprido integralmente na Arábia Saudita, teve hoje o seu habitual Prólogo que serve apenas para definir as posições de partida para a primeira etapa que se realiza amanhã 3 de janeiro.

Com início e fim nas pistas delineadas nas dunas a cerca de 30 km do Estádio Rei Abdullah, em Jeddah, cidade que será o ponto de partida e do fim da 43ª edição do Rali Dakar, este primeiro dia de ação nas areias da Arábia Saudita teve como piloto mais rápido entre as motos o campeão em título, o americano Ricky Brabec.

O piloto da Monster Energy Honda Team, estrutura liderada em termos desportivos pelo português Ruben Faria, demorou apenas 6m01s a percorrer os 11 km do Prólogo, batendo assim o seu companheiro de equipa Joan Barreda que foi 6 segundos mais lento, enquanto o terceiro mais rápido de hoje foi Daniel Sanders (KTM Factory Team) a 13 segundos de Brabec.


Num dia em que nada se decide em relação às posições finais deste Rali Dakar, a armada lusa esteve também em destaque.

Embora o número de pilotos portugueses tenha sido reduzido por força da desistência de Mário Patrão, que apesar de todos os esforços acabou por não estar fisicamente apto para competir em mais um Dakar, e logo num ano em que iria competir sozinho, sem assistência de uma equipa, os quatro pilotos que partiram para mais um Dakar estiveram em bom plano.

Sebastian Bühler (Hero Motorsports Team Rally) foi o 5º mais veloz no Prólogo e posiciona-se como o melhor português, estando a apenas 16 segundos de Brabec. Cinco posições mais abaixo encontra-se o companheiro de equipa Joaquim Rodrigues que gastou mais 23 segundos do que Brabec, enquanto a fechar o “Top 20” terminou Rui Gonçalves (Sherco Factory). Alexandre Azinhais (Club Aventura Touareg) termina este aquecimento para o Dakar com o 71º tempo.


As reações dos pilotos

Sebastian Bühler – 5º tempo
“Foi uma etapa muito curta, mas foi muito boa. Terminei em 5º o que eu acho que é uma boa posição para começar a corrida a sério. Vai ser uma corrida longa, uma corrida muito dura, mas estamos bem preparados e vamos ver como corre”.

Joaquim Rodrigues – 10º tempo
“Este Dakar 2021 começou com Prólogo. Foi o primeiro contacto com a corrida, tive um bom feeling na moto que está a funcionar bem. Estou satisfeito com o resultado, mas amanhã é que começa a verdadeira batalha”.

Iremos atualizar este artigo com as reações de Rui Gonçalves e Alexandre Azinhais assim que for possível

Classificação Prólogo



1 – Ricky Brabec (Honda) – 6m01s
2 – Joan Barreda (Honda) – +6 seg
3 – Daniel Sandres (KTM) – +13 seg
4 – Ross Branch (Yamaha) – +14 seg
5 – SEBASTIAN BÜHLER (Hero) – +16 seg
10 – JOAQUIM RODRIGUES (Hero) – +23 seg
20 – RUI GONÇALVES (Sherco) – +23 seg
71 – ALEXANDRE AZINHAIS (KTM) – +2m52s



Antevisão da 1ª etapa do Rali Dakar


3 de janeiro
Distância total: 622 km / Distância Especial: 277 km
Início: Jeddah / Fim: Bisha
Toda a etapa será realizada em pistas definidas. O grande desafio estará na forma como os pilotos vão ligar um vale ao vale seguinte, e ao mesmo tempo conseguem evitar os perigos de navegação compostos pelas inúmeras interseções das pistas. Algumas partes com piso com pedras podem causar furos.

Galeria de fotos Rali Dakar - Prólogo

andardemoto.pt @ 2-1-2021 15:26:24


Clique aqui para ver mais sobre: Rali Dakar 2021